Postagem em destaque

Tchad: JULGAMENTO DE ATIVISTAS DE OPOSIÇÃO NO CHADE - Deby filho quer afogar o peixe na água

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... É um julgamento extraordinário e maratona que começou em 29 de novem...

quinta-feira, 30 de setembro de 2021

Angola: Frente Patriótica Unida já tem data para arrancar.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Líderes da UNITA, PRA-JA e Bloco Democrático anunciaram que a Frente Patriótica Unida será formalizada na próxima terça-feira (05.10). O líder do projeto da oposição também será conhecido na altura.

Reunião do PRA-JA que anunicou a data de formalização da Frente Patriótica Unida, em Luanda

As negociações entre a União para a Independência Total de Angola (UNITA), Partido do Renascimento Angola - Juntos por Angola - Servir Angola (PRA-JA) e o Bloco Democrático estão concluídas e na próxima semana as lideranças vão esclarecer como a Frente Patriótica Unida (FPU) vai atuar no campo político angolano. O líder do projeto também será conhecido na próxima semana.

"A Frente Patriótica vai ser formalizada na próxima terça-feira [05 de outubro]. É o culminar de um amplo processo de negociação e, ao ser agora, aqui, formalmente indicada esta data, significa que temos os documentos fundamentais terminados e estamos em condições de responder à enorme expetativa que sabemos nos está direcionada por parte de todos os angolanos", disse à imprensa esta quarta-feira (29.09) Adalberto Costa Júnior.

O anúncio foi feito pelo presidente da UNITA, no final da Reunião Magna do projeto político PRA-JA Servir Angola, que visou apreciar e decidir a viabilidade e a modalidade da sua participação na busca da alternância do poder político. 

Angola Führer der Angolanischen Patriotischen Frontf ordern Sie ein nationales Notfallprogramm

Abel Chivukuvuku (esq.), Adalberto Costa Júnior e Filomeno Vieira Lopes (dir.)

"Tudo muda"

Depois de a UNITA aprovar no seu congresso de 2019 e o Bloco Democrático na sua convenção de julho deste ano, os membros da Comissão Diretiva Provisória Nacional do PRA-JA Servir Angola disseram "sim" ao acordo sobre os princípios e normas de funcionamento da Frente Patriótica Unida.

No comunicado lido pelo coordenador do PRA-JA na Huíla, Armando Capoco, os delegados pedem à sociedade civil que aposte na organização que vai juntar numa única lista Adalberto Costa Júnior, Abel Chivukuvuku e Filomeno Vieira Lopes, e mandam recado ao MPLA, partido no poder.

"Nada é permanente, porque tudo muda. A mudança de regime em Angola, hoje, representa a vontade dos angolanos", afirmam os membros do PRA-JA.

Efetivação da alternância

O presidente do Bloco Democrático, Filomeno Vieira Lopes, apelou ao patriotismo e sacrifício de todos os intervenientes da FPU para que a efetivação da alternância em Angola seja uma realidade.

fonte: DW África

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo desde que contribua para melhorar este trabalho que é de todos nós.

Um abraço!

Samuel

Total de visualizações de página