Postagem em destaque

Ela mata o marido e esconde o corpo dele no freezer.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Uma mulher foi presa no Brasil pelo assassinato de seu marido. O cor...

quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

CAN 2021: o grande desabafo de Samuel Eto'o.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


País da Copa das Nações Africanas de 2021, Camarões está no centro da polêmica desde o caso dos goleiros antes das oitavas de final contra as Comores. De fato, o protocolo covid foi alterado no dia anterior ao jogo, o que impediu os comorianos de colocar em campo um goleiro profissional. Mas diante da polêmica, o presidente da FECAFOOT (a federação camaronesa), Samuel Eto'o, assumiu o papel.

“Gostaria de lembrar a todos os seus colegas que estão embarcando em explicações impossíveis, que a agência escolhida para realizar os testes não está sob o controle de Camarões, está 100% sob o controle da CAF. Acho que as regras do jogo eram conhecidas por todos antes do início da competição. Eu realmente, humildemente desejo que meu país seja respeitado. A Tunísia teve sete jogadores testados positivos contra a Nigéria. Não acho que a Tunísia tenha jogado contra Camarões. Marrocos, em seu primeiro encontro, foi penalizado, mas não jogou contra Camarões. Não é justo insinuar coisas, acusar o governo camaronês, acusar-me. Tentei ser um grande campeão, mas fui porque mereci todas as minhas vitórias. Eu nunca aceitei traição e nunca aceitarei. Espero que esteja claro para todos e que os falsos debates que queremos colocar nas costas do Estado e da federação camaronesa parem", disse ele ao microfone do Canal +.

fonte: seneweb.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo desde que contribua para melhorar este trabalho que é de todos nós.

Um abraço!

Samuel

Total de visualizações de página