Postagem em destaque

Tchad: JULGAMENTO DE ATIVISTAS DE OPOSIÇÃO NO CHADE - Deby filho quer afogar o peixe na água

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... É um julgamento extraordinário e maratona que começou em 29 de novem...

segunda-feira, 10 de agosto de 2020

O que foi feito contra Lula demonstra até onde chegam os inimigos da esquerda.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

O Supremo Tribunal Federal do Brasil determinou retirar a denúncia do ex-ministro Antonio Palocci sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, respondendo assim a um pedido da defesa.

Além da conjunção como estrategistas políticos e autênticos líderes dos povos, Lula, Fidel e Raúl estavam unidos por uma entranhável amizade. Foto: Ricardo Stuckert.

O Supremo Tribunal Federal do Brasil determinou retirar a denúncia do ex-ministro Antônio Palocci, da ação judicial contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, respondendo assim a um pedido da defesa, quem tinha indicado uma violação da imparcialidade na inclusão da referida informação seis dias antes das eleições de 2018, informa a Telesur.

A denúncia de Palocci foi incluída pelo então juiz federal Sérgio Moro, dias antes do primeiro turno das eleições presidenciais, com o claro objetivo de impedir a vitória do Partido dos Trabalhadores (PT) e eleger Bolsonaro.

Para a liderança do PT e para a equipe de defesa de Lula, é mais uma demonstração dos objetivos políticos de Moro, quem como «prêmio ao seu trabalho», seria convertido em ministro da Justiça sob o governo que ele ajudou a instalar.

A presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, expressou em sua conta no Twitter: «É oficial: Moro agiu para eleger Bolsonaro».

Lula da Silva tinha sido acusado de receber uma propriedade da firma construtora Odebrecht, no valor de 12 milhões de dólares.

Os cubanos, tal como milhões de pessoas honestas deste mundo, nunca tiveram a menor dúvida da inocência desse amigo da Ilha. O primeiro secretário do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba, general-de-exército Raúl Castro Ruz, no discurso proferido por ocasião do 60º aniversário do triunfo da Revolução, tinha expressado: «Conseguiram levar à prisão o companheiro Lula da Silva, e o privaram do direito de ser o candidato presidencial do Partido dos Trabalhadores, para evitar a sua segura vitória nas passadas eleições».

No encerramento do 25º Foro de São Paulo, o presidente cubano Miguel Díaz-Canel Bermúdez, também afirmou: «Lula, preso sob falsas acusações e escandalosas armadilhas judiciais, é o exemplo de até onde podem chegar os inimigos da esquerda».

Tal parece que a velha frase: «A justiça demora, mas chega» cumpriu-se neste caso; não devido ao acaso, mas como resultado da luta resolvida de milhões.

fonte: granma.cu


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo desde que contribua para melhorar este trabalho que é de todos nós.

Um abraço!

Samuel

Total de visualizações de página