Postagem em destaque

Ela mata o marido e esconde o corpo dele no freezer.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Uma mulher foi presa no Brasil pelo assassinato de seu marido. O cor...

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2022

Guiné-Bissau: O Presidente Umaro Sissocó "A primeira coisa que fiz quando fomos atacados..."

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


Após a tentativa de golpe, o presidente guineense, Umaro Sissoco Embalo, dirigiu-se à imprensa para tranquilizar e falar em pormenor sobre a situação. Ele explicou como os acontecimentos se desenrolaram.

“Estávamos no meio do Conselho de Ministros e fomos atacados com armas muito pesadas”, explicou o Presidente guineense Bissau. “A primeira coisa que fiz foi me render a Deus. Eu estava com meu ministro da Justiça, meu ajudante de campo e meus dois guarda-costas. E os outros estavam no meio da luta”, acrescentou aos repórteres.

O presidente guineense Bissau garante que nenhum oficial do exército está ligado à tentativa de golpe. “São forças isoladas. Também está ligado às pessoas que lutamos", disse Embalo, que faz alusão à sua luta contra a corrupção e os traficantes de drogas. "E eu sabia qual era o preço", diz ele.

Embalo informa que há várias prisões do lado militar. E uma investigação será aberta. “Vamos investigar. Porque é uma tentativa, não só de golpe, mas de matar o Presidente da República, mas também todo o seu gabinete. Estávamos no meio do Conselho de Ministros. É uma coisa muito coordenada."

fonte: seneweb.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo desde que contribua para melhorar este trabalho que é de todos nós.

Um abraço!

Samuel

Total de visualizações de página