Postagem em destaque

Ela mata o marido e esconde o corpo dele no freezer.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Uma mulher foi presa no Brasil pelo assassinato de seu marido. O cor...

domingo, 8 de maio de 2022

Quem é a primeira porta-voz negra e LGBTQ da Casa Branca.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Karine Jean-Pierre fará história ao substituir Jen Psaki como secretária de Imprensa. Nascida na Martinica e filha de pais haitianos, ela é colaboradora de longa data de Biden e trabalhou com a vice-presidente Harris.


O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta quinta-feira (06/05) o nome de Karine Jean-Pierre como nova secretária de Imprensa da Casa Branca. Ela será a primeira mulher negra e abertamente LGBTQ a assumir o cargo.

Depois de atuar como vice-secretária de Imprensa, ela assume a posição de principal porta-voz do governo americano, substituindo Jen Psaki.

Em nota, o presidente elogiou a "experiência, talento e integridade" da nova secretária, e também enalteceu o trabalho de Psaki, que, segundo o comunicado, trouxe de volta a "decência, o respeito e o decoro à sala de imprensa da Casa Branca".

Jean-Pierre assumirá o cargo em 13 de maio, após a saída de sua antecessora, que deve ser contratada pela emissora americana de notícias MSNBC.

Em maio do ano passado, Jean-Pierre se tornou a primeira mulher LGBTQ e a segunda negra na história a conduzir uma coletiva de imprensa na Casa Branca.

Ela vem atuando como assessora sênior de comunicação na Casa Branca desde a posse de Biden, em janeiro de 2020. Anteriormente, ela era consultora de campanha e, mais tarde, chefe de gabinete da vice-presidente Kamala Harris.

Desde o governo de Barack Obama

Jean-Pierre está familiarizada com a nova função, por ter estado ao lado de Psaki em diversas conferências de imprensa e após tê-la substituído pouco antes da viagem de quatro dias de Biden à Europa, após a invasão russa da Ucrânia, quando Psaki testou positivo para o coronavírus.

fonte: DW Africa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo desde que contribua para melhorar este trabalho que é de todos nós.

Um abraço!

Samuel

Total de visualizações de página