Postagem em destaque

Tchad: JULGAMENTO DE ATIVISTAS DE OPOSIÇÃO NO CHADE - Deby filho quer afogar o peixe na água

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... É um julgamento extraordinário e maratona que começou em 29 de novem...

segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Cuba: Nossos mártires - nem esquecidos nem mortos.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

O primeiro secretário do Partido Comunista de Cuba, general-de-exército Raúl Castro Ruz, dedicou uma oferenda floral a Frank País, no 63º aniversário do seu brutal assassinato.

Aos mártires da Revolução, o tributo em flores do general-de-exército Raúl Castro Ruz; do presidente Miguel Díaz-Canel Bermúdez; do presidente da Assembleia Nacional do Poder Popular, Esteban Lazo Hernández, e do povo de Cuba. Foto: Miguel Rubiera Justiz/AIN

SANTIAGO DE CUBA.— 

Com uma oferenda floral dedicada pelo primeiro secretário do Partido Comunista de Cuba, general-de-exército Raúl Castro Ruz, a Frank País, no 63º aniversário do seu brutal assassinato, culminaram, no panteão que guarda seus restos, as honras que os moradores de Santiago costumam fazer cada dia 30 de Julho, Dia dos Mártires da Revolução.

Os membros do Comitê Central e máximas autoridades do Conselho de Defesa provincial, Lázaro Expósito Canto e Beatriz Johnson Urrutia, lideraram a colocação das flores no cemitério patrimonial de Santa Ifigenia, na presença de outros representantes do Partido, o Governo, a UJC, as organizações de massa, as Forças Armadas Revolucionárias e o Ministério do Interior.

Como início do tributo aos heróis da Pátria, na manhã teve lugar a colocação de oferendas florais em nome do general-de-exército Raúl Castro Ruz; do presidente Miguel Díaz-Canel Bermúdez; do presidente da Assembleia Nacional do Poder Popular, Esteban Lazo Hernández, e do povo de Cuba, no panteão dos Mártires de 26 de Julho.

A todos eles dedicou palavras de recordação o presidente cubano, ao publicar em sua conta no Twitter: «30 de julho, dia triste na memória de Cuba. Assassinados Frank País e Raúl Pujol em Santiago de Cuba. A cidade rebelde veste o uniforme de 26 de Julho e canta o hino de Bayamo. Hoje é o Dia dos Mártires. Honra àqueles que apenas tinham suas vidas jovens e promissórias e as entregaram à Pátria».

fonte: granma.cu


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo desde que contribua para melhorar este trabalho que é de todos nós.

Um abraço!

Samuel

Total de visualizações de página