Postagem em destaque

Ela mata o marido e esconde o corpo dele no freezer.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Uma mulher foi presa no Brasil pelo assassinato de seu marido. O cor...

sexta-feira, 25 de março de 2022

10 anos no poder: Macky Sall, o positivo e o negativo.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


Esta sexta-feira, 25 de março, completa dez anos desde que Macky Sall chegou ao poder. Atores políticos estão divididos quanto ao seu histórico à frente do Senegal durante esta década. Do lado do poder, é claro, aplaudimos. A oposição, por sua vez, faz caretas. Trechos do arquivo Vox Populi sobre o assunto.

Serigne Assane Kane, porta-voz do FDS: "Um parêntese infeliz para ser fechado muito rapidamente"

“Os dez anos de Macky Sall à frente do Senegal terminaram em fracasso. Dez anos de governo escandaloso e vicioso. Dez anos de perseguição judicial contra opositores. Dez anos de violação de direitos e liberdades. Dez anos de loucura gastando em infraestrutura não prioritária.

Moussa Sarr, porta-voz do LD: "Macky Sall transformou positivamente o Senegal"

“Se julgarmos o estado atual do país em relação ao que era em 2012, será fácil notar muitos motivos de satisfação em todas as áreas da vida socioeconômica. Em 2012, a taxa de crescimento foi inferior a 2%. Graças às reformas do Plano do Senegal Emergente, esta taxa foi aumentada para mais de 5% em 2019. Se não fosse o impacto negativo do Covid-19, seria ainda maior em 2020-2021.”

Bougane Guèye Dany: "São delírios de grandeza"

“Os dez anos de Macky Sall foram marcados por uma gestão ‘sloganizada’ dos problemas que estrangulam o país. Macky Sall é delírios de grandeza com projetos gigantescos que só beneficiam empresas estrangeiras. Enquanto isso, ele ignora o capital humano e suas milhares de promessas, especialmente na questão do emprego jovem.

Aymérou Gningue, líder dos deputados do BBY: os pontos positivos de Macky Sall

O presidente do grupo parlamentar Benno bokk yakaar (Maioria) faz uma avaliação positiva dos dez anos de Macky Sall no poder. Ele saúda os “investimentos maciços na estruturação de infraestrutura” e a “luta amarga para reduzir o fosso entre as cidades e o campo”. Aymérou Gningue sublinhou ainda a "gestão eficaz dos investimentos no domínio da energia, saúde e transportes" bem como o "reforço da democracia senegalesa através da adopção de leis essenciais à sua salvaguarda (por exemplo a lei do patrocínio), a consolidação da regra de direito e a influência do país a nível internacional com os muitos sucessos diplomáticos".

fonte: seneweb.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo desde que contribua para melhorar este trabalho que é de todos nós.

Um abraço!

Samuel

Total de visualizações de página