Postagem em destaque

CONCESSÃO DO PRÊMIO HOUPHOUET BOIGNY PELA BUSCA DA PAZ EM RCI: Os marfinenses poderão finalmente se olhar no espelho?

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Realiza-se esta quarta-feira, 8 de fevereiro de 2023, em Yamoussoukr...

terça-feira, 14 de maio de 2013

Ramos-Horta quer que a Guiné-Bissau aproveite boas relações com o Brasil.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

José Ramos-Horta (arquivo) (foto LUSA)


O representante do secretário-geral das Nações Unidas (ONU) para a Guiné-Bissau, José Ramos-Horta, considera que o país deve aproveitar as oportunidades de parceria que tem com o Brasil, de forma a potenciar o seu processo de desenvolvimento.

Após um encontro com o ministro das Relações Exteriores do Brasil, António Patriota, o ex-presidente timorense lembrou as ligações históricas entre os dois países e lembrou que o Brasil já demonstrou solidariedade nas suas relações com os países africanos.

«Estive com o chanceler brasileiro, o ministro [António] Patriota, e ele afirmou total disponibilidade para o Brasil continuar a apoiar a Guiné-Bissau», afirmou.

Para isso, contudo, explicou Ramos-Horta, é preciso haver eleições livres no país.

«Estou convencido de que daqui a seis, nove meses, teremos eleições democráticas realizadas, um governo de grande inclusão com um presidente da República que será um mediador, um conciliador. Aí, eu creio que teríamos base para vermos todos os anos melhorias no índice de desenvolvimento da Guiné-Bissau e sua imagem melhorada no mundo», sublinhou.


fonte: abola.pt

Michael não conseguia concluir ensaios, revela coreógrafo.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...





O cantor Michael Jackson parecia "doido" e nunca conseguiu ensaiar um show inteiro de sua futura turnê "This is it", que começaria duas semanas depois de sua morte em 2009, disse em juízo o coreógrafo Travis Payne, nesta terça-feira.
Quando uma advogada da promotora de eventos AEG Live, que organizava a turnê, perguntou se "Michael ensaiou um show completo do início ao fim", Payne respondeu "não".
"Alguém estava preocupado com isso?", insistiu a advogada Jessica Stebbins Bina. "Alguns, sim", afirmou Payne.
Referindo-se a Kenny Ortega, o diretor da turnê que trabalhava com Michael durante os ensaios no Staples Center de Los Angeles, Payne contou: "houve um momento em que Ortega mandou Michael para casa (...) Em uma outra vez, Michael teve de se sentar, foi envolvido com cobertores e trouxeram o aquecedor para perto dele".
O artista "podia fazer pedaços do show, mas não o show inteiro", confirmou o coreógrafo, acrescentando que pensou que Michael estivesse gripado e que sua atuação ao vivo seria melhor.
"Às vezes, nos ensaios, Michael parecia um pouquinho doido, sob influência de alguma coisa", completou o principal coreógrafo do espetáculo, que lembrou ter visto o astro "grogue" em sua residência, em Holmby Hills.
Ao ser interrogado pelo advogado de acusação, Brian Panish, Payne descreveu Paris, a filha de 14 anos do artista, como "maternal".
"Era uma jovenzinha muito protetora, muito inteligente e esperta, com entendimento completo das operações da casa (...) Me impressionou, porque parecia muito maior", disse Payne, acrescentando que Paris era mais extrovertida do que seus irmãos Prince, de 16, e Blanket, de 11.
"Ela cuidava de detalhes como a temperatura da casa e o quê todos queriam para jantar", completou. Já "Blanket era tímido, estava sempre com o pai".
Michael morreu em 25 de junho de 2009, duas semanas antes do início da série de 50 shows que faria em Londres, a partir de 13 de julho.
fonte: terra.com.br



AMPUS, APESAR DI MANGA DI SUFRIMENTO NA NHA KORSON, PA SIPARASON ENTRE FAMÍLIAS GUINEENSES, AHÓS N´KOMPLETA MAIS UM ANO DE VIDA KU GARANDI SPERANSA DI KUMA , PA GUINÉ, DJITU TEM KI TEM.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Samuel Vieira

Queridos compatriotas,


Hoje dia do meu aniversário, venho através deste ponto de encontro de todos nós, deixar aqui para todos os Guineenses, uma mensagem de encorajamento, de esperança por dias melhores. As transformações sociais que satisfaçam a vontade do povo são projectos cheios de detalhes, mas cujo obreiro intelectual não se acha fácil, como exemplo temos hoje o nosso vizinho, Senegal, proporcionando grandes transformações em benefício do seu povo através de um homem simples chamado Macky Sall.

Um grande abraço a todos. Paz e progresso social, são dívidas que se tem com o nosso povo. E a esperança que fortalece o espírito do nosso povo está cada vez mais evidente.

Bô fica ku Deus!


Total de visualizações de página