Postagem em destaque

BAMAKO E IYAD ENGAJADOS NA MESMA LUTA CONTRA EIGS NO MALI: Cuidado com o efeito bumerangue!

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Há poucos dias, foi em Menaka que foi visto ao lado de notáveis ​​tu...

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Brasil: A presidente Dilma diz estar indignada com autorização de processo de impeachment - "É o Brasil preste a eclodir!"

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


Em pronunciamento ao lado de ministros, presidente afirma não ter cometidos atos ilícitos e, em clara referência a Eduardo Cunha, diz que não é suspeita de desviar dinheiro público ou possuir contas n

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira (02/12) que recebeu com indignação a autorização do processo de impeachment "contra mandato democraticamente conferido" pelos brasileiros.

Em um pronunciamento no Palácio do Planalto ao lado de ministros, Dilma afirmou que não praticou nenhum ato ilícito e, dessa maneira, os fundamentos do pedido seriam inconsistentes e improcedentes.

"Não paira contra mim nenhuma suspeita de desvio de dinheiro público. Não possuo conta no exterior e nem ocultei do conhecimento público a existência de bens pessoais. Nunca coagi e nem tentei coagir instituições ou pessoas na busca de satisfazer os meus interesses", disse Dilma, em clara referência às acusações que pesam sobre o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.

A presidente também afirmou que já mais aceitaria um acordo em troca do arquivamento dos pedidos de impeachment e acredita que o processo não será realizado, devido à improcedência do pedido.

Assista à íntegra do pronunciamento da presidenta @Dilmabr na noite desta quarta (2): https://t.co/O7BTJbYtqP
— Blog do Planalto (@blogplanalto) 2 dezembro 2015

"Não podemos deixar as conveniências e os interesses indefensáveis abalarem a democracia e a estabilidade do nosso país. Devemos ter tranquilidade e confiar nas nossas instituições e no Estado democrático de direito", concluiu a presidente.

Durante o pronunciamento, Dilma foi acompanhada por onze ministros – Jaques Wagner, da Casa Civil; Ricardo Berzoini, da Secretaria de Governo; José Eduardo Cardozo, da Justiça; Gilberto Kassab, das Cidades; Gilberto Occhi, da Integração Nacional; Aldo Rebelo, da Defesa; Armando Monteiro Neto, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; Henrique Eduardo Alves, do Turismo; André Figueiredo, das Comunicações; Celso Pansera, da Ciência, Tecnologia e Inovação; além do Advogado-Geral da União, Luís Inácio Adams.

Processo de impeachment

Após a bancada do PT anunciar que votará pela continuidade do processo de cassação do presidente da Câmara no Conselho de Ética, Cunha autorizou nesta quarta-feira o pedido de abertura de um processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Cunha é acusado de mentir em depoimento à CPI da Petrobras ao dizer não possuir contas no exterior. Documentos do Ministério Público da Suíça, enviados à Procuradoria Geral da República, porém, associam quatro contas ao deputado.

O presidente da Câmara também é investigado por corrupção e lavagem de dinheiro – há denúncias de que ele teria recebido 5 milhões de dólares em propina em contratos da Petrobras.

CN/abr/afp/ots

O ex-presidente da Interino da Guiné-Conacry preso nos EUA.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

                                                Foto:  Sekouba Konaté                                                                    

O ex-presidente interino guineense Sekouba Konaté está preso nos EUA, informou a imprensa.

Uma publicação online, da Seneweb, nesta quarta-feira citou autoridades dos EUA confirmando o incidente.

O General Konaté, disse a publicação, que foi preso no aeroporto dos EUA na Virgínia, durante a tentativa de deixar o país.

Ele se declarou culpado

Ele já teria se declarado culpado de tráfico de milhares de dólares em dinheiro para os EUA.

Na altura da suposta detenção, o ex-presidente interino invocou a sua imunidade para retardar as investigações.

Seu julgamento será na próxima terça-feira no tribunal de Alexandria.

Anos de prisão

General Konaté pode enfrentar uma pena de prisão de até cinco anos.

Os promotores disseram que o General Konaté já havia tentado trazer mais de $ 64.000 em dinheiro para os EUA em 2013, vindo da Etiópia.

Ele havia declarado na alfândega que detinham menos de $ 10.000.

#africareview.com

38.ª Conferência da União Parlamentar Africana arrancou em Bissau.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

                                          Presidente da Assembleia Nacional - Cipriano Cassamá                                                                                                        
Os trabalhos da 38.ª Conferência e, simultaneamente, 67.º Sessão da União Parlamentar Africana (UPA), arrancaram esta quarta-feira, em Bissau, sob fortes medidas de segurança.

O presidente da Assembleia Nacional, Cipriano Cassamá, presidiu à cerimónia de abertura.

«Ouvimos constantemente muita gente dizer que a governação em África é ainda um problema», disse, citado pela Agência de Notícias da Guiné, acrescentando, depois, que «deste modo fica-se com a ideia errada de que os políticos africanos não querem melhorar a forma como exercem o poder».

O papel dos diversos parlamentos na governação, a violência domestica e políticas do género são os grandes temas em debate nesta conferência, que termina no próximo domingo.

#abola.pt

Senegal: Ameaça terrorista em Dakar - Os Saltiguéses recomendam o sacrifício de um boi preto. "Em tempos modernos a tradição africana está presente!"

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


As imagens ainda falam por si. À porta fechada em 29 de Novembro, o Dr. Eric Gbodossou e os saltiguéses de Fatick realizaram sessões de adivinhação e pronunciaram sobre a situação do país, informou AS. Reunidos, excepcionalmente, por três dias, eles previram as tensões por todo o Senegal. E consultaram os pangols para encontrar maneiras de manter a paz e garantir a segurança no país.

Os saltiguéses recomendaram os sacrifícios para afastar a má sorte que ameaça o Senegal. Pois, segundo eles, "a ameaça terrorista é real no Senegal."

Segundo o saltigués Waly Faye, ele irá realizar rituais a nível das fronteiras para conter os terroristas. Assim, recomenda-se ao Presidente da República, Macky Sall, para sacrificar um boi preto para exorcizar as forças maléficas. Os Governadores regionais são convidados a colocar cada um, 7 colas - metade vermelha, metade branca em um recipiente com água por 24 horas e, em seguida, dar a oferta. Quanto aos membros do governo, os saltiguéses aconselharam a cada um deles o sacrifício de uma ovelha branca. O saltigués Cheikh Ndiaye solicittou a Moustapha Niasse para sacrificar gradualmente um touro preto, uma ovelha negra, um bode preto e galinha preta para a estabilidade da Assembleia Nacional.

#seneweb.com

China: Fábrica chinesa de clones promete vacas, cavalos e até bebês.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


O grupo Boyalife e seus parceiros estão construindo suas gigantescas instalações na cidade de Tianjin (norte), que abrirão dentro de sete meses e onde esperam criar um milhão de vacas antes de 2020.

Pequim, China - Xu Xiaochun, diretor de um ambicioso laboratório de clonagem chinês, não apenas prometeu 'fabricar' milhares de vacas, cavalos e cachorros, mas também garante dispor da tecnologia necessária para duplicar seres humanos.

O grupo Boyalife e seus parceiros estão construindo suas gigantescas instalações na cidade de Tianjin (norte), que abrirão dentro de sete meses e onde esperam criar um milhão de vacas antes de 2020.

Mas os bovinos são apenas uma primeira etapa no ambicioso projeto de Xu Xiaochun, de 44 anos, diretor-geral da empresa, que também quer clonar cavalos puro-sangue e cachorros policiais.

Leia mais notícias em Mundo

A Boyalife, em colaboração com a empresa sul-coreana Sooam e a academia chinesa de ciências, já está trabalhando na clonagem dos primatas que são usados na pesquisa científica. E no que diz respeito aos seres humanos, Xu garante que está tudo pronto.

"A tecnologia já existe (...) Se for autorizada, não acredito que haverá uma empresa melhor do que a Boyalife", garante Xu, afirmando que atualmente não está realizando nenhuma clonagem.

Os valores mudam, diz em referência aos debates éticos e morais sobre a clonagem, e lembra como mudou por exemplo a percepção social da homossexualidade.

"Infelizmente hoje a única maneira de ter um filho é que seja uma mistura de seu pai e sua mãe. Mas quem sabe no futuro haverá três possibilidades (...). Ou bem será 50 e 50, ou bem 100% do DNA do pai ou 100% do DNA da mãe", afirma.

A empresa considera que sua atividade garante a biodiversidade e tem previsto criar em Tianjin um banco de genes que armazenará até cinco milhões de amostras de células congeladas, uma espécie de inventário das espécies ameaçadas à espera que possam ser regeneradas.

Sooam, o parceiro sul-coreano da Boyalife, já está trabalhando no projeto de ressurreição de um mamute através de células de milhares de anos antiguidade descobertas sob o gelo na Sibéria. Esta empresa também oferece a seus clientes um serviço para clonar cachorros falecidos por um preço próximo a 100.000 dólares.

'Supervacas'
O fundador da Sooam, o sul-coreano Hwang Woo-Suk, anunciou em 2004 ter criado células-tronco de um embrião humano, algo que acabou sendo falso. No entanto, continua a ser reconhecido por ter criado, em 2005, o primeiro cão clonado, Snuppy.

Este ano, Hwang anunciou sua intenção de trabalhar com empresas chinesas "porque as leis da Coreia do Sul sobre bioética proíbem o uso de óvulos humanos", explicou ao jornal sul-coreano Dong-A Ilbo, e não descartou usá-los no futuro.

Por enquanto, sua parceira chinesa Xu Xiaochun única aspira se tornar um líder mundial na criação de carne bovina "supervacas" clonadas com o mesmo DNA e cuja carne, promete, será tão saborosa quanto a famoso carne japonesa de Kobe.

Estes animais, garante, permitirão aos açougueiros "matar menos e produzir mais" para atender ao crescimento da classe média na China.

"Em um supermercado tudo é bom (...) todos têm a mesma forma, e até agora não conseguimos fazer o mesmo com os animais. Mas em nossa fábrica de clonagem, decidimos que iremos fazê-lo", afirma Xu.

Entretanto, não há consenso sobre se carne de animais clonados pode ter consequências negativas para a saúde. A Agência dos Estados Unidos para a Segurança dos Alimentos (Food and Drug Administration) garante que a carne é segura, mas o Parlamento Europeu quer proibi-la.

Han Lanzhi, especialista em transgênicos da academia chinesa de ciências agrícolas, alerta que as aspirações da Boyalife são preocupantes e pouco realistas.

"Obter uma permissão para clonar animais é um processo longo, por isso fiquei muito surpresa quando ouvi a notícia", explica, lembrando que há uma "regulamentação dura" para evitar abusos.

Xu Xiaochun responde que não há o que temer. "Queremos que o público se dê conta de que a clonagem não é uma loucura e que os cientistas não são pessoas esquisitas que usam jalecos escondidas atrás de portas fechadas fazendo experimentos estranhos".

#correiobraziliense.com.br

O ex-presidente da Nigéria Babangida deixa a política.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...



Ex-chefe militar da Nigéria Ibrahim Babangida desvinculou-se da política.

Em um comunicado difundido nesta terça-feira, o general reformado Babangida recusou um convite dos ex-dirigentes do Partido Democrático do Povo (PDP) para participar da eleição presidencial de 2019.

Ao contrário de tudo disso, ele optou por apoiar qualquer candidato presidencial do sudeste nas eleições de 2019.

O presidente militar que presidiu a Nigéria durante oito anos foi um dos fundadores do PDP

O PDP vê o General Babangida, como um  nortista ativo que poderia ajudar o partido no poder a recuperar.

Homens vibrantes

No entanto, ele disse que iria continuar a oferecer o seu sábio conselho a todos os políticos para a construção de uma Nigéria melhor.

"Se o Sr. decidiu sair em 2011, por que o PDP insiste em apelar a um homem de 78 anos de idade, para uma eleição presidencial em um país onde desfila homens muito vibrantes e mulheres de menor idade?

"Eu não tenho a menor intenção de concorrer para qualquer cargo novamente na Nigéria", disse ele.

O líder da ala jovem do pan-Igbo organização sócio-cultural, o Sr. Ohanaeze Ndigbo, elogiou General Babangida pela decisão.

O general reformado Yakubu Gowon, que também foi chefe de Estado militar e presidiu a três anos da guerra civil, também foi indicado para jogar o seu peso atrás da indicação de um presidente da geração Igbo.

O General Babangida tinha dito em uma entrevista que ele apoiaria um candidato da Igbo para a cadeira presidencial em 2019, caso encontrasse uma personalidade credível, enquanto que o General Gowon tinha debatido abertamente a escolha por um líder da comunidade no futuro.

Grupos étnicos

Sr. Ndigbo descreveu os dois ex-líderes como a consciência da nação.

O suporte para um candidato da Igbo a presidência, disse ele, deu ao povo Igbo a esperança de que eles iriam encontrar mais acomodações para uma Nigéria unida.

A Igbo, um dos três principais grupos étnicos do país, não elegeram um presidente, exceto o falecido Major-General. Aguiyi Ironsi, que subiu ao poder em um golpe em 1966.

Ele foi derrubado depois de seis meses em um contra-golpe que viu o general Gowon assumir o manto.

O falecido Dr. Nnamdi Azikiwe, da tribo Igbo, foi presidente cerimonial na independência enquanto que Alhaji Abubakar Tafawabalewa, um nortista, foi o Primeiro-Ministro.

#africareview.com

Total de visualizações de página