Postagem em destaque

Veículo robótico russo pode destruir facilmente tanques de Leopard e Abrams.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... A versão de combate do veículo robótico russo Marker será capaz de d...

sábado, 26 de julho de 2014

Nigéria em 'alerta vermelho' após primeira morte por ebola.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

homem lê notícia sobre morte na Nigéria por ebola | AP
Liberiano de 40 anos morreu pouco após desembarcar em Lagos
A Nigéria está em alerta vermelho após anunciar a primeira morte por ebola no país.
Um homem, funcionário do governo da Libéria, morreu na terça-feira pouco após chegar ao aeroporto da capital nigeriana, Lagos.
A vigilância foi reforçada em todos os portos, aeroportos e fronteiras do país, informou o ministro da Saúde, Onyebuchi Chukwu.
Desde fevereiro, mais de 660 pessoas morreram de ebola na África ocidental na maior epidemia da doença já registrada.
O vírus surgiu no sul da Guiné e rapidamente se espalhou para a Libéria e Serra Leoa.

Monitoramento

O liberiano de 40 anos desmaiou logo após desembarcar na Nigéria e chegou a ser levado para o hospital antes de falecer.
Chukwu confirmou que todos os outros passageiros que estavam no mesmo voo estão sendo monitorados.
O paciente não teria tido contato com o público enquanto estava sendo transferido para o hospital, acrescentou o ministro da Saúde.
O vírus do ebola mata, em média, 90% dos infectados e é altamente contagioso. Ele se espalha por fluidos corporais, como sangue e suor.
Pacientes têm mais chances de recuperação se são tratados nos estágios iniciais da infecção.
O alerta vermelho na Nigéria ocorre em meio a uma operação em Serra Leoa para tentar localizar uma mulher de 32 anos, infectada com ebola.
Ela teria sido removida à força por parentes de um hospital na capital Freetown e foi descrita por uma rádio local como "um perigo para todos".
No início desta semana, foi divulgado que o médico que lidera a luta contra a doença em Serra Leoa contraiu o vírus.
Na quinta-feira, a Organização Mundial da Saúde anunciou que o ebola fez 219 vítimas no país.
Clique


# BBC

Queda do Avião AH5017: Investigação revela-se complicada.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Photo fournie par la présidence burkinabé de Blaise Compaore sur le site du crash de l'avion.
Foto fornecido pela Presidencia Burkinabé de Blaise Compaoré em Burkina Faso sobre o local da queda do avião. © AFP

O trabalho dos investigadores, notadamente franceses, esperado neste sábado no local da queda do avião que fez 118 vítimas no norte do Mali parece ser delicado por causa da desintegração do aparelho. 
"Agora está difícil de recuperar alguma coisa, e até mesmo os corpos das vítimas, eu acho que é muito difícil de recuperar, porque só vi pedaços de carne humana espalhados pelo chão ", disse o general Gilbert Diendiéré, chefe de gabinete especial do Presidente do Burkina Faso. 

Ele fazia parte da comitiva do Presidente Blaise Compaoré do Burkina Faso, que visitou ontem à tarde na área de Gossi, cerca de 100 km de Gao, a maior cidade do norte do Mali, onde o avião caiu na quinta-feira. 
"Os restos do aparelho foram espalhados por uma distância de 500 metros, mas nós constatamos que isso é devido ao fato de que o avião caiu primeiro no chão e soltando, provavelmente, os pedaços para bem mais longe," ele acrescentou. 

Os restos do avião, um McDonnell Douglas MD83, tinha sido visto na noite de quinta por um helicóptero do exército Burkinabe na área de Gossi, perto da fronteira com Burkina Faso. 
Filmagem feitas no local por soldados Burkinabés e franceses mostram restos de metal facilmente identificável espalhados ao longo de dezenas de metros, com poças de sangue em alguns lugares.

"Viva a solidariedade" do Mali
Em Bamako, fontes oficiais indicaram que o presidente maliano Ibrahim Boubacar Keita também havia visitado o local do acidente. Mas na sexta-feira, informou a televisão estatal ORTM que ele tinha realmente visitado Gao, onde IBK expressou para os países de origem das vítimas do acidente "profunda solidariedade" do Mali. "Nós apenas inclinamos a cabeça sobre os corpos dos desaparecidos", ele disse.
Vinte gendarmes franceses e de polícia, juntamente com uma equipe francês do Escritório de Investigações e Análise (BEA) é esperado no local durante o dia no sábado. Eles vão abordar especialmente a identificação das vítimas.
O acidente ocorreu quinta-feira, 50 minutos após a decolagem de Ouagadougou do avião fretado pela Air Algérie em sociedade com à empresa espanhola Swiftair com destino a Argel. A bordo estavam 118 pessoas: 112 passageiros - incluindo 54 franceses e 23 Burkinabés - e seis membros da tripulação, todos eles Espanhóis.

" Infelizmente, não há sobreviventes", disse o presidente francês, François Hollande, em um breve discurso televisionado. No entanto, ele disse, "uma caixa preta foi recuperada" por soldados franceses que correram para o local e "encaminhados para Gao". Segundo ele, todas as hipóteses, incluindo a mudança climática, são projetadas para explicar o acidente.

Além dos franceses, dos espanhóis e Burkinabés, as vítimas vinham de muitos países, incluindo o Canadá, Líbano e Argélia, que declarou luto nacional de três dias.

Famílias inteiras dizimadas
O acidente matou famílias inteiras, deixando seus parentes inconsoláveis​​. Na cidade de Gex (leste da França), nós lamentamos a perda de 10 membros de uma família ao longo de três gerações. "Estou devastado", testemunhou Seydou Cissé, um maliano que vive em Roubaix (norte da França) depois de saber da queda e perda de seu amigo e companheiro Bakary Diallo, diretor.

O Burkina Faso vai transportar para zona de Gossi, área de acidente, os parentes das vítimas, disse sexta-feira o ministro da Administração Territorial e Segurança, Jerome Bougouma. Esses parentes, que serão nomeados pela empresa, serão transportados por helicóptero em pequenos grupos a partir de sábado. As famílias das vítimas francesas serão recebidos pelo presidente François Hollande no Quai d'Orsay às13:00hs GMT.

Por causa da catástofre, a cimeira que François Hollande deveria participar nos Comores com dirigentes de quatro países do Oceano Índico foi adiada. 
De acordo com o Secretário de Estado para os cidadãos franceses no exterior, Fleur Pellerin, que visitou Ouagadougou na sexta-feira, "não havia nenhuma suspeita entre aquelas pessoas que se cadastram a bordo", de acordo com as investigações por parte das autoridades de Burkina Faso e as informações em poder da França.

A região de Gao continua a ser uma área perigosa, onde jihadistas ainda estão instalados, bem como outros bandidos armados e traficantes que aproveitam a vastidão desta área de deserto, de difícil controle. 
Soldados franceses estão instalados lá desde o início da sua intervenção, em janeiro de 2013, para caçar no Norte do Mali os grupos ligados à Al-Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI). Jihadistas ocuparam a região por quase dez meses, entre 2012 e início de 2013.
A Associação International de Transportes Áreos (Iata) disse sexta-feira que iria "fazer todos os esforços" para melhorar a segurança aérea depois de uma semana negra em que três acidentes de avião causou mais de 460 mortos.

# jeuneafrique.com

No Brasil, a população carcerária é de 711.463 presos.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

No Brasil, a população carcerária é de 711.463 presos. 20618.jpeg


BRASILIA/BRAASIL - A nova população carcerária brasileira é de 711.463 presos. Os números apresentados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) a representantes dos tribunais de Justiça brasileiros levam em conta as 147.937 pessoas em prisão domiciliar.

Por ANTONIO CARLOS LACERDA
PRAVDA.RU
Para realizar o levantamento inédito, o CNJ consultou os juízes responsáveis pelo monitoramento do sistema carcerário dos 26 estados e do Distrito Federal.
De acordo com os dados anteriores do CNJ, que não contabilizavam prisões domiciliares, em maio deste ano a população carcerária era de 563.526.
"Até hoje, a questão carcerária era discutida em referenciais estatísticos que precisavam ser revistos. Temos de considerar o número de pessoas em prisão domiciliar no cálculo da população carcerária", afirmou o supervisor do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas (DMF/CNJ), conselheiro Guilherme Calmon.
A prisão domiciliar pode ser concedida pela Justiça a presos de qualquer um dos regimes de prisão - fechado, semiaberto e aberto. Para requerer o direito, a pessoa pode estar cumprindo sentença ou aguardando julgamento, em prisão provisória. Em geral, a prisão domiciliar é concedida a presos com problemas de saúde que não podem ser tratados na prisão ou quando não há unidade prisional própria para o cumprimento de determinado regime, como o semiaberto, por exemplo.
Provisórios - Além de alterar a população prisional total, a inclusão das prisões domiciliares no total da população carcerária também derruba o percentual de presos provisórios (aguardando julgamento) no País, que passa de 41% para 32%. Em Santa Catarina, a porcentagem cai de 30% para 16%, enquanto em Sergipe, passa de 76% para 43%.
"A porcentagem de presos provisórios em alguns estados causava uma visão distorcida sobre o trabalho dos juízos criminais e de execução penal. Quando magistrados de postura garantista concediam prisões domiciliares no intuito de preservar direitos humanos, o percentual de presos provisórios aumentava no estado", disse o coordenador do DMF/CNJ, juiz Douglas Martins.
Ranking - Com as novas estatísticas, o Brasil passa a ter a terceira maior população carcerária do mundo, segundo dados do ICPS, sigla em inglês para Centro Internacional de Estudos Prisionais, do King's College, de Londres. As prisões domiciliares fizeram o Brasil ultrapassar a Rússia, que tem 676.400 presos.

Déficit - O novo número também muda o déficit atual de vagas no sistema, que é de 206 mil, segundo os dados mais recentes do CNJ. "Considerando as prisões domiciliares, o déficit passa para 354 mil vagas. Se contarmos o número de mandados de prisão em aberto, de acordo com o Banco Nacional de Mandados de Prisão - 373.991 -, a nossa população prisional saltaria para 1,089 milhão de pessoas", afirmou o conselheiro Guilherme Calmon. (Com informações da Agência CNJ de Notícias).
ANTONIO CARLOS LACERDA é Correspondente Internacional do PRAVDA.RU
# pravda.ru



Áreas de saúde, agricultura chaves para o desenvolvimento de África - Bill Gates.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...




Áreas de saúde e agricultura são fundamentais para desenvolvimento e para que os países africanos superem a pobreza e dinamizem o crescimento, disse o bilionário de software nos EUA, Bill Gates, nesta quinta-feira, quando ele recebeu um diploma honorário na Etiópia. 

"Ao fazerem as coisas direito nestas duas áreas, os ganhos podem ser excepcionais", disse Gates, citando a saúde e a agricultura como  "factores favoráveis ​​para todas as outras coisas que precisam ser feitas." 

Mas Gates advertiu que, esse progresso poderá ser desfeito pela instabilidade, apontando para o norte da Nigéria, onde os ataques de extremistas do Boko Haram têm descarrilado esforços para erradicar a poliomielite. 

"Esta perturbação de Boko Haram é a verdadeira nuvem no horizonte, onde isso significa que há grupos de crianças que não somos capazes de atender", disse ele aos jornalistas depois de receber o seu prêmio. 

Gates - o homem mais rico do mundo - e sua esposa Melinda Gates são os co-fundadores da Fundação Bill, e abordam a saúde e a pobreza na África. 

"O cresmento deste continente .... vai certamente beneficiar os líderes aqui na Etiópia, e em toda a África, relacionando e aprendendo uns com os outros, bem como com o seu próprio povo", disse ele em um discurso na Universidade de Adis Abeba. 

Gates, vestido com um manto preto e vermelho, recebeu seu diploma das mãos do primeiro-ministro etíope Hailemariam Desalegn, que também considerou agricultura e saúde como "elementos críticos" para o plano de seu país para alcançar "status de renda média na próxima década." 

Apoio para suportar o comércio 

A África situa-se na posição sete das economias em crescimento mais rápido do mundo, mas Gates disse que o crescimento real só pode ser medido por meio de melhorias das necessidades humanas básicas, ou seja, saúde e nutrição. 

"Ao reduzir os índices de desnutrição e mortalidade prematura, a África pode alcançar os níveis de produtividade que vão levar não só a auto-suficiência, mas também para o status de renda média", disse Gates. 

Ele destacou a Etiópia, Libéria e Tanzânia com possibilidades de cortar as taxas de mortalidade geral, e disse que a Zâmbia está liderando o caminho no combate a malária, que mata mais de 600.000 pessoas no mundo a cada ano. 

A Fundação Bill e Melinda Gates repassou mais de $ 30 bilhões (€ 22 bilhões de euros) para programas em mais de 100 países desde que foi criada a fundação em 2000. 

Gates disse que, apesar de um aumento do investimento privado em África a partir do exterior, como da China e Índia, isso é um sinal de progresso real, ele insistiu em programas de ajuda que não podem ser substituídos. 

"O comércio vai ser enorme, e isso será um sinal de sucesso. O objetivo da ajuda deve ser o de criar um ambiente para o comércio", disse ele. 

Gates é o fundador e chefe da Microsoft, e é atualmente o homem mais rico do planeta, com um patrimônio líquido de mais de 80 bilhões de dolares (59 bilhões de euros), de acordo com a Forbes. 

Ele abandonou a Universidade de Harvard nos EUA para fundar sua empresa, que continua a ser uma das maiores empresas de tecnologia do mundo. 

"Eu nunca tive uma formação de verdade, eu saí da universidade porque eu estava com fome para começar a Microsoft e eu nunca tive a chance de voltar para universidade", disse ele. 

"Ser capaz de fixar esse diploma na parede ... seria um grande alívio para o meu pai." 

Gates já recebeu vários títulos honoríficos de universidades em todo o mundo. 

-AFP-

Notícias: Guiné-Bissau.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Domingos Simões Pereira (foto D.R.)


Primeiro-ministro distingue secretário de Estado timorense.
Domingos Simões Pereira, primeiro-ministro da Guiné-Bissau, condecorou esta quinta-feira o secretário de Estado da Administração Estatal de Timor-Leste com a Ordem de Mérito, Cooperação e Desenvolvimento.

A distinção prende-se com o apoio timorense dado aquando da realização de eleições na Guiné-Bissau, em setembro de 2013.



TAP retoma voos diretos de Portugal
Portugal e Guiné-Bissau irão assinar na segunda-feira um acordo que irá retomar os voos entre os dois países. O protocolo será oficializado pelo ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Rui Machete, e pelo seu homólogo da Guiné-Bissau, Mário Lopes da Rosa, em Lisboa, com a presença dos primeiros-ministros dos dois países.

A TAP, que suspendera em dezembro os seus voos para a Guiné-Bissau, devido ao embarque forçado de 74 sírios no aeroporto de Bissau rumo a Lisboa, irá assim retomar as ligações aéreas entre os dois países.

José Mário Vaz, presidente da Guiné Bissau (foto )

BECAO empresta 23 milhões de euros
O Banco Central dos Estados da África Ocidental (BECAO) disponibilizou ao Governo da Guiné-Bissau uma linha de crédito de 15 mil milhões de francos CFA (cerca de 23 milhões de euros).

O montante foi revelado pelo Director Nacional do BCEAO, João Aladje Fadia, à saída do encontro que manteve com o Chefe de Estado da Guiné-Bissau, José Mário Vaz.

A principal finalidade do empréstimo é regularizar os meses de salários em atraso na função pública e o Governo tem 12 meses para devolver este empréstimo.


# abola.pt

Total de visualizações de página