Postagem em destaque

BAMAKO E IYAD ENGAJADOS NA MESMA LUTA CONTRA EIGS NO MALI: Cuidado com o efeito bumerangue!

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Há poucos dias, foi em Menaka que foi visto ao lado de notáveis ​​tu...

segunda-feira, 16 de junho de 2014

PM senegalesa sublinha impacto negativo do défice de infraestruturas em África.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

A primeira-ministra do Senegal, Aminata Touré, sublinhou sábado, em Dakar, o impacto negativo do défice de investimentos em infraestruturas de desenvolvimento económico em África, que faz perder anualmente ao continente dois porcento de crescimento.
Primeira-ministra do SENEGAL, Aminata Touré (Foto: afp)
Primeira-ministra do SENEGAL, Aminata Touré (Foto: afp)


“É geralmente reconhecido que o défice de investimentos em infraestruturas obstrui o crescimento económico em África em quase dois porcento cada ano”, declarou.
Ao intervir  durante a cerimónia de abertura duma reunião preparatória da cimeira dos chefes de Estado e de Governo sobre o financiamento de projectos da NEPAD,  Touré indicou que a diminuição deste défice necessita de despesas intensas num período de mais de uma década.
“A amplitude das necessidades de investimentos imporá uma conjugação acrescida do incremento previsto dos financiamentos privados  e um aumento considerável dos financiamentos públicos”, disse.
Segundo a ministra do Senegal, o desafio para África consiste em mobilizar novos investimentos, nomeadamente nos sectores do transporte, da energia eléctrica e das estradas de tráfego médio ou fraco.
Face a estes desafios, Touré,  que presidiu à reunião preparatória, instou os países africanos a conjugar os seus esforços e lançar-se em projectos comuns.
“A natureza encravada e o tamanho reduzido de vários dos nossos países impõem a necessidade de desenvolver, por um lado, projectos transfronteiriços eficazes e elaborar, por outro lado, soluções regionais de serviço de menor custo “, disse.
Um trabalho de harmonização, acrescentou, regulamentar e administrativo será assim necessário a fim de garantir um correto aproveitamento  do carácter multinacional de tais projectos.
# portalangop.co.ao


Total de visualizações de página