Postagem em destaque

Ucrânia: Lula se recusa a entregar munição para tanques.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... O governo brasileiro se opôs ao pedido da Alemanha de entrega de mun...

quarta-feira, 9 de março de 2016

Senegal: 35 países africanos usam equipamentos militares chineses, de acordo com um think tank em Londres.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

content_image

Atualmente 35 países africanos usam equipamentos militares chineses, de acordo com um relatório sobre a capacidade das várias potências militares do mundo publicadas em 2 de março pelo Instituto Internacional de Estudos Estratégicos (IISS).

O think-tank com sede em Londres e que pretende ser "um importante ponto de referência para o conflito político-militar", descreveu uma análise das exportações de armas e equipamento militar para 51 países africanos.

"A China tem feito incursões significativas no mercado de defesa Africano, refletindo aumento de influência mais ampla de Pequim no continente", disse o relatório, "The Military Balance" (O Balanço Militar).

Citado pelo jornal britânico The Independent, o autor deste relatório, Joseph Dempsey, revelou que dez novos países africanos tornaram-se "clientes emergentes" da indústria de armas chinesas desde 2005: Argélia, Angola, Cabo Verde, Nigéria, Chade, Djibuti, Guiné Equatorial, Gabão, Uganda e Gana.

Dempsey também observou que vários países africanos optaram por fornecimento de equipamento militar da China para obter armas que eles não têm os meios para adquirir de outros países exportadores, citando a exemplo de drones armados fornecidos por Pequim a Nigéria e cujos preços são imbatíveis.

O relatório aponta que é muito difícil determinar o valor das importações africanas de equipamento militar chinesa por causa da opacidade que envolve os contratos de armas celebrados entre as duas partes. "Equipamentos militares chineses é na sua maioria importada pelos países africanos no âmbito de acordos entre governos e financiados por empréstimos chineses ou incluídos em programas de investimentos maiores em infra-estrutura", disse Dempsey.

#seneweb.com

Cuba: Espaço de intercâmbio e conexão para os profissionais.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Autor:  | yadidelsol@granma.cu

Criar uma organização flexível, conetada, comprometida com seu tempo e com a participação ativa no desenvolvimento do país figura como sentido primeiro da União dos Informáticos de Cuba (UIC).

Photo: Padrón, Abel


CRIAR uma organização flexível, conetada, comprometida com seu tempo e com a participação ativa no desenvolvimento do país, mas sobretudo, capaz de agrupar os profissionais das Tecnologias da Informação e as Comunicações (TIC), que pertençam ao setor estatal ou ao independente, figura como sentido primeiro da União dos Informáticos de Cuba (UIC), organização social e sem ânimos de lucro que foi constituída em 7 de março no Palácio das Convenções de Havana.
Ao se referir aos princípios gerais que nortearão o trabalho desta União — que tem até à data mais de 6 000 membros inscritos — Ailyn Febles Estrada, recém eleita presidente, indicou que se trata de um espaço para que confluam todos os atores e entidades que a partir dos seus conhecimentos, experiências e ideias, podem contribuir para a informatização de nossa sociedade.
A Assembleia Nacional Constitutiva da dita associação contou com a presença do membro do Bureau Político do Partido Comunista de Cuba (PCC) e primeiro vice-presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, Miguel Diaz-Canel Bermúdez; bem como de Jorge Cuevas Ramos, membro do secretariado do Comitê Central do PCC e do ministro das Comunicações Maimir Mesa Ramos.
Durante o debate suscitado pelos delegados assistentes à comissão da Projeção Estratégica, tratou-se acerca da necessidade de fomentar uma cultura no uso seguro da Internet, oferecer ferramentas para o aproveitamento das TIC, além de dar impulso a atividades de superação especializada e gerar meios e infraestruturas para que os jovens do setor se sintam parte das mudanças socioeconômicas e políticas que acontecem no país e possam analisar preocupações e interesses afins.
Acerca de aplicar a inovação e tecnologias disponíveis ao âmbito social, Iván Barreto, diretor de Cinesoft (Empresa de Informática e Meios Audiovisuais do Ministério da Educação), compartilhou a experiência do site Cubaeduca, que constitui um canal de comunicação interativo e dinâmico para que os usuários possam acessar a determinados conteúdos relacionados com o processo de ensino no país.
Trabalhadores do setor independente, como Liber Puente, sublinharam a importância de que a UIC reconheça os informáticos que, sem estarem vinculados a entidades institucionais, também gerem e oferecem serviços integrais a atores da economia e a sociedade.
Durante o encerramento, o primeiro vice-presidente cubano destacou a importância da criação da UIC em um mundo onde nos tentam impor uma guerra midiática entre ideologias e os sistemas informáticos das nações são usados para agredir países mais pobres.

“Estamos assistindo a um fato fundacional que se tornará paradigma de contribuição à gestão do conhecimento, a cultura, o domínio e implementação das atuais tecnologias, o impulso à informatização, a automatização e a cibersegurança do país, e tudo isso será consolidado e aperfeiçoado a partir da participação dos profissionais e técnicos cubanos formados pela Revolução e representados nesta União”, considerou.
#gramna.cu

Cristiano Ronaldo marca, Real repete placar da ida e vai às quartas de final.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Craque português chega aos 13 gols na atual edição e também lidera artilharia histórica com 90. Roma cai de pé após criar - e desperdiçar - chances claras com Dzeko e Salah.

RESUMÃO

  • O JOGO
    O Real Madrid fez valer o seu favoritismo com alguma dificuldade para se classificar às quartas de final da Liga dos Campeões pelo sexto ano consecutivo. Os merengues repetiram o placar do jogo de ida e venceram o Roma por 2 a 0, nesta terça-feira, agora no Santiago Bernabéu, inclusive com mais um gol de Cristiano Ronaldo. O cenário, aliás, lembrou muito a partida de três semanas atrás, quando os italianos até criaram as suas oportunidades, mas tiveram de se contentar com a eliminação de cabeça erguida na principal competição do continente diante de um elenco muito mais qualificado.
  • #globo.com

Brasil: Dunga indica que prefere Neymar no Rio: "Pela medalha que Brasil não tem".

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Treinador, no entanto, diz que ainda espera contar com craque também na Copa América. Ausências de Thiago Silva e Marcelo também são assunto em entrevista.
Dunga Brasil x Peru (Foto: AP)

Se for obrigado a escolher, Dunga já sabe: optará por contar com Neymar nas Olimpíadas. O técnico da seleção brasileira afirmou nesta terça-feira, em visita à Europa, que prefere ter o craque do Barcelona à disposição na campanha pela medalha de ouro, no Rio de Janeiro, em agosto, em detrimento à Copa América Centenário, nos Estados Unidos, em junho. O fato de ser um título inédito, aliás, é o que pesa mais na decisão do treinador.

- É difícil (escolher), mas acho que, pela questão da importância que se dá, pela medalha que o Brasil não tem... Ele vem de uma temporada desgastante, teria tempo para se recuperar. Ele viria com condicionamento. Mas o bom seria contar com ele nas duas (competições) - disse em entrevista ao canal "Esporte Interativo" após assistir à vitória do Real Madrid sobre o Roma, pela Liga dos Campeões.
Dunga deve se reunir com o Barcelona, incluindo o técnico Luis Enrique, nos próximos dias. O encontro faz parte de sua missão para negociar a liberação de Neymar e outros potenciais jogadores acima dos 23 anos para os Jogos Olímpicos. Além de Real x Roma, o treinador brasileiro também vai assistir a PSG x Chelsea, em Londres, nesta quarta-feira - o GloboEsporte.com transmite ao vivo a partir das 16h (de Brasília).
Dunga, Andrey e Gilmar fecharão a viagem em Milão, onde, no sábado, o Internazionale de Miranda receberá o Bologna, pelo Campeonato Italiano. O zagueiro é outro favorito a ser um dos veteranos da lista olímpica. A volta ao Brasil está marcada para o início da próxima semana.
"Se trouxer para a reserva não vai ficar contente"
Thiago Silva também foi tema abordado na entrevista do comandante da Seleção. Fora da lista de convocados após falhas consecutivas, o zagueiro gerou mal-estar ao dizer que não havia sido procurado pelo treinador. Dunga fez questão de explicar o tratamento com os jogadores, afirmou que o zagueiro do PSG não gostaria de ser chamado para ficar no banco de reservas e destacou a necessidade de testar opções para seleção olímpica, como Marquinhos, companheiro de clube de Thiago. 
- Jogador de Seleção tem que assumir suas responsabilidades. No Brasil a gente gosta de falar que é o paizão. Isso eu já tenho meus filhos. Tenho que tratar profissionalmente. Tenho que tratar com respeito. É jogador que se trouxermos para ficar na reserva não vai ficar contente. Quando tiver oportunidade para jogar não vai ter problema, se tiver em ótima fase. Mas também temos que pensar em outras opções, futuro, Marquinhos na seleção olímpica. Jogador que tem futuro não só na seleção principal, mas na olímpica. Também estamos trabalhando em várias frentes. Eu não posso falar com um jogador através de vocês (da imprensa). E mesma coisa o jogador não pode falar através de vocês. Então só levo em consideração o que ele fala para mim. Não quero ter razão, quero ganhar. Quero ouvir, mas tem que ser ouvido em coisas concretas que vão ajudar a seleção, e não individualmente. Hoje a gente está trabalhando com outro sistema que tem muitos assessores, não sabe se é o jogador que falou. Fico muito resguardado quanto a isso.
Thiago Silva treino Paris Saint-Germain PSG (Foto: EFE/Facundo Arrizabalaga)Thiago Silva não voltou a ser chamado para a Seleção após falha na Copa América (Foto: EFE/Facundo Arrizabalaga)

#globo.com

Nigéria acusa MTN de 10.000 mortes por Boko Haram.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


O presidente nigeriano, Muhammadu Buhari acolhendo seu homólogo sul-Africano Jacob Zuma na Presidência em Abuja, em 08 de março de 2016. Por MOHAMMED Momoh | NATION MEDIA GROUP

O fracasso de telecomunicações da MTN Sul-Africano para registrar mais de 5,1 milhões dos seus assinantes causou a morte de 10.000, disse Presidente Muhammadu Buhari.

Em uma coletiva de imprensa conjunta com a visita do presidente Sul-Africano Jacob Zuma em Abuja na terça-feira, o presidente Buhari disse que seu governo estava irritado, e que a MTN estava livre para negociar a multa de $ 3,9 bilhões que lhe é imposta pela omissão.

"Você sabe como a GSM não estava registrada, então estão sendo usada ​​por terroristas. E entre 2009 até hoje, pelo menos 10.000 nigerianos foram mortos por Boko Haram.

As casualidades
"Foi por isso que a Comissão de Comunicação da Nigéria (NCC) pediu a MTN, para globalmente registrar o resto de seus clientes da GSM. Infelizmente, a MTN foi muito, muito lenta e contribuiu para ocasionar o número de vítimas", disse o presidente Buhari.

A MTN foi multada inicialmente em US $ 5,1 bilhões por NCC por não remover os SIMs não registrados a partir da sua rede.

A multa foi reduzida para US $ 3,9 bilhões após muitas súplicas, mas a MTN foi ao tribunal para para se opor ao pagamento.

Movimentos diplomáticos
Depois de alguns movimentos diplomáticos, a empresa pagou US $ 250 milhões em boa fé e retirou o caso para dar espaço para novas negociações.

O Presidente Buhari disse que a preocupação da Nigéria era basicamente sobre a segurança das vidas e propriedades no meio do terrorismo.

Ele também deu a entender que a ação judicial por MTN retardou a intervenção do governo, uma vez que poderia, então, não interferir sobre o assunto.

Comentário público
"Esta é a primeira vez que eu, pessoalmente, como presidente devo estar a fazer um comentário público sobre o assunto.

"A preocupação do governo federal é basicamente sobre a segurança e não à multa aplicada à MTN '', disse o presidente Buhari.

Ele disse que a Nigéria e África do Sul concordaram em actualizar os seus acordos bilaterais.

Sessão conjunta
O Presidente Zuma tinha dito anteriormente que ambos os países assinaram 30 acordos bilaterais.
O líder da África do Sul disse que estava na Nigéria para consolidar ainda mais as relações cordiais existentes e iniciar novos no campo da economia, da segurança e do comércio.

Para o Presidente Zuma  foi agendada a sessão conjunta na Assembleia Nacional para abordar temas depois desta terça-feira.

#africareview.com

Total de visualizações de página