Postagem em destaque

BAMAKO E IYAD ENGAJADOS NA MESMA LUTA CONTRA EIGS NO MALI: Cuidado com o efeito bumerangue!

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Há poucos dias, foi em Menaka que foi visto ao lado de notáveis ​​tu...

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

BURKINA FASO: DEPOSIÇÃO DE CANDIDATURAS - " QUANDO O GRANDE MUETTE " FALA E A OPOSIÇÃO RESTA EM SILÊNCIO.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Dépôt de candidatures : «Quand la Grande Muette parle et que les opposants restent muets»

Circunspeção nas fileiras dos jornalistas, ontem domingo às 7: 45 horas, quando o responsável militar para a segurança da sala de conferências de Ouaga 2000, em frente ao campo de futebol afirmava não ser informado de uma reunião do Comité de nomeação do presidente da transição nesses lugares.

No entanto, o anúncio foi feito pelo porta-voz do Exército, tenente-coronel David Kabré no dia anterior; e os SMS enviados pelo direção de comunicações da Presidência do Burkina Faso precisou mesmo que a escolha daquele que irá conduzir a transição se fará até às 9:00h.

As pré-avaliações permitirão uma verificação entre os candidatos, indo ao encontro do círculo que os envolve. E quem deles cairá? O tenente-coronel Kabré, em pessoa, que, com um colaborador, colou na porta da sala de banquete um papel em que está escrito "Sala de reuniões do Comité de designação."

"Sim! é bem aqui que se reunirão os 23 membros da comissão! ", ele assegurou. Aqueles membros que chegam em fogo lento. Por volta dás 21:00h, foi a vez do líder da oposição, Zeferino Diabré. "Eu vou me colocar sob a proteção dos espíritos dos nossos antepassados. Vocês jornalistas aí, vocês são perigosos! ", Brincou enquanto estava sentado na sala de espera com os representantes dos líderes tradicionais, mas não sem evitar os homens de medias.

Embora já tenham passado 22:00h, os membros do comité dos quais 3/4 chegaram a tempo de se juntar à "sala da situação" para um "aperto de mão".

Eles saem meia hora mais tarde.

O que eles concluíram? Haverão eles montado um bureau com um presidente? Como farão a nomeação? A que horas nos dirão o nome do presidente?

Tantas perguntas dos jornalistas aos opositores, os primeiros a saírem da sala, se recusam a responder.

"Eu não sei!", Respondeu secamente Zeph, que parece um pouco apressado.

"Volte às 18h 30!", Disse por sua parte, Ablassé Ouedraogo.

Só para esclarecer gentilmente aos jornalistas, o porta-voz militar disse: "O prazo foi fixado para 12h. A comissão decidirá, às 18h 30, após a assinatura da Carta que está  prevista para 16h, na Casa do Povo.

Já mais tarde de amanhã (hoje, portanto, segundo a nota do editor), você vai ter o nome do presidente interino. "

Um por um, os membros, após constituírem a pequena comissão concertada, se saíram como eles vieram.

"Entretanto, quando o Grande Muette fala e os adversários permanecem em silêncio, a situação fica quente", disse um colega.

# l´observateur.bf

Total de visualizações de página