Postagem em destaque

BAMAKO E IYAD ENGAJADOS NA MESMA LUTA CONTRA EIGS NO MALI: Cuidado com o efeito bumerangue!

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Há poucos dias, foi em Menaka que foi visto ao lado de notáveis ​​tu...

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Bebê nasce "grávida" de gêmeos em Hong Kong.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Ultrassom mostra a espinha dorsal dos dois fetos, encontrados no ventre de um bebê recém-nascido, em Hong Kong, em 2010
Ultrassom mostra a espinha dorsal dos dois fetos, encontrados no ventre de um bebê recém-nascido, em Hong Kong, em 2010

Uma recém-nascida de três semanas foi submetida a uma cirurgia para a retirada de dois pequenos fetos com idade entre oito e dez semanas, que estavam localizados em seu ventre. O caso clínico extraordinário aconteceu em 2010, mas só foi divulgado na última edição da revista científica "Hong Kong Medical Journal". A princípio, os médicos acreditavam que o bebê tivesse nascido com um tumor.
Os fetos tinham pernas, braços, espinha dorsal, costelas e intestinos. Um deles pesava 14,2 gramas e o outro 9,3 gramas. Ambos tinham cordão umbilical. A cirurgia, realizada por médicos do Queen Elizabeth Hospital, em Hong Kong, foi bem sucedida.
A condição é chamada de foetus in fetu (feto dentro de feto, em tradução livre) e ocorre em um a cada 500 mil nascimentos. Menos de 200 casos como esse foram registrados no mundo. Ainda não se sabe o que causa a condição.
"Era impossível detectar esta condição no ultrassom durante a gravidez, uma vez que os embriões eram muito pequenos", afirmou o ginecologista Yu Kai-man.
"Uma vez que seria impossível que o bebê tivesse engravidado na barriga da mãe, está claro que a fertilização dos dois fetos foi feita no momento da concepção, pelos pais da criança, o que pode ser chamado de gravidez múltipla", concluiu o médico responsável pelo caso. 
Ampliar

Imagens de raio-X revelam objetos estranhos no corpo humano10 fotos

10 / 10
Este boneco do Buzz Lightyear, personagem do "Toy Story", foi encontrado no interior do corpo de um paciente depois de passar por um exame de raio-X Leia mais Divulgação
#uol.com.br

Papa adverte para novas formas de “colonização” na África.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...



Cidade do Vaticano (RV) - O Papa Francisco recebeu em audiência neste sábado, 7 de fevereiro, os membros do Comitê Permanente do Simpósio das Conferências Episcopais de África e Madagáscar (SECAM), que realizou a sua reunião estatutária no Vaticano esta semana.
No seu discurso o Papa começou por encorajar esta Instituição continental, pensada e promovida depois do Concílio Vaticano II para prestar serviço às Igrejas locais na África. Este serviço, disse o Papa, tem a finalidade de dar respostas comuns aos novos desafios do continente para que a Igreja possa falar com uma só voz e testemunhar a sua vocação de ser sinal e instrumento de salvação, de paz, diálogo e reconciliação.
Mundanismo e colonização
Este caminho – prosseguiu Francisco – exige que os pastores permaneçam livres de qualquer preocupação mundana e política, fortaleçam os vínculos de comunhão com o Papa, através da colaboração com as Nunciaturas Apostólicas e com uma comunicação "fluida" e direta com as outras instituições da Igreja, mantendo experiências eclesiais simples e acessíveis para todos, bem como estruturas pastorais sóbrias.
Em seguida, o Pontífice referiu-se às novas gerações, que precisam sobretudo do testemunho, sublinhando que na África o futuro está nas mãos dos jovens, e eles são hoje chamados a defender-se contra as novas formas de "colonização", tais como o sucesso, a riqueza, o poder todo o custo, mas também o fundamentalismo e o uso indevido da religião. A maneira mais eficaz para superar a tentação de ceder a estes estilos de vida perigosos é investir na educação, e preocupar-se principalmente por oferecer uma proposta educativa que ensine os jovens a pensar criticamente e lhes indique um percurso de maturação nos valores.
O Papa Francisco disse ainda que também na África verifica-se uma certa desagregação familiar, portanto, a Igreja é chamada a valorizar e incentivar todas as iniciativas em favor da família, como fonte privilegiada de qualquer fraternidade e fundamento e via para a paz.
Ebola
Segundo o Santo Padre, nos últimos tempos muitos sacerdotes, religiosos e leigos têm-se empenhado em obras louváveis para o apoio da família, com especial atenção para os idosos, os doentes, os deficientes, sobretudo nas zonas mais remotas onde as Igrejas têm proclamado o Evangelho da vida e socorrido os mais necessitados a exemplo do Bom Samaritano. E o Papa citou o maravilhoso testemunho de caridade diante do recente surto do vírus ebola, em que muitos missionários africanos deram generosamente a vida para ficar ao lado dos doentes.
O Simpósio, recordou ainda o Papa Francisco, é também um lugar para promover o Estado de direito e legalidade, para que se possam sanar as chagas da corrupção e do fatalismo, e para incentivar o empenho dos cristãos nas realidades seculares, tendo em vista o bem comum. E para tal, concluiu o Pontífice, é importante recordar que a evangelização requer a conversão, ou seja, a mudança interior. E terminou  invocando sobre eles a luz e a força do Espírito Santo para que sustentem os seus esforços pastorais e para que a Virgem Maria proteja e interceda por todo o Continente.
(BS/BF)

Cabo Verde - 1ª Dama contra agravação da pena por criminalidade.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


“Necessidade de agravação da pena máxima de prisão prevista pela Constituição da República e pelo Código Penal face ao aumento e sofisticação do crime em Cabo Verde” foi o tema de uma palestra  proferida hoje na  Liceu Manuel Lopes, na Cidade da Praia, pela primeira dama e jurista Ligia Fonseca.
Em declarações à imprensa momentos antes da palestra Ligia Fonseca explicou aos jornalistas que o objectivo  é discutir  com as pessoas   se  o aumento da criminalidade deve ser combatido com o aumento das penas ou se devem ser realizadas acções em outros campos.
Ligia Fonseca declara-se, desde logo, contra o aumento da pena máxima.  Defende por conseguinte a necessidade de se  procurar as causas da criminalidade e as falhas para serem sanadas.
Declarações da primeira dama Ligia Fonseca  sobre a polemica do aumento  ou não da pena  maxima.
Refira-se que  a palestra  se enquadra no programa de comemoração do 9º aniversário Liceu Manuel Lopes na Cidade da Praia. 
(Rádio Nova, Cabo Verde)

Ministros africanos da Metereologia vão reunir-se em Cabo Verde.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...




Arrancou hoje na Cidade da Praia a reunião preparatória da 3ª conferência dos ministros africanos responsáveis pelo sector meteorologia, que terá lugar nos dias 13 e 14.
O ministro do Ambiente, Habitação e Ordenamento do Território, Antero Veiga, que tem a tutela da meteorologia em Cabo Verde, disse que em debate está a definição de uma estratégia integrada a nível africano para reduzir os efeitos das possíveis catástrofes.
A reunião está a ser realizada sob a presidência de Cabo Verde. Antero Veiga adianta que já está lançada para a agenda a ideia de alargar o Centro de Investigação Climática (CICLA) da  CPLP  para à região da CEDEAO e quiçá de toda a região Africana.
Declarações do Ministro Antero Veiga após á abertura da reunião preparatória da 3ª conferência dos ministros africanos responsáveis pelo sector meteorologia, que terá lugar nos dias 13 e 14.
O evento é organizado pela União Africana e pela Organização Mundial da Meteorologia (OMM) e Cabo Verde. 
(Rádio Nova - Emissora Católica de Cabo Verde) 


Boko Haram: Após o Níger, quem será o próximo?

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


Para quem ainda duvidava, o Boko Haram tem demonstrado no terreno o seu poder de fogo e suas capacidades sem precedentes de incomodar na história recente do continente. Com o terrorismo alastrando, como um polvo louco que está se espalhando com velocidade alarmante. Depois de Nigéria e Camarões simultaneamente, o objecto de seu assédio rebelde vem a besta colocar a cabeça agora no Níger!



Indicação clara
Pela primeira vez, o Níger é atacado diretamente, através de um posto da alfândega. Terror na área, as primeiras testemunhas afirmam que um homem-bomba detonou a bomba na abertura do mercado, causando pânico entre a população.
Alguns cinco mortos se registrou no campo, cerca de vinte feridos e danos extensos, uma vez que este limite é conhecido por seus intensos tráfego de grandes caminhões  internacionais. A explosão ocorreu quando muitos comerciantes iam para o seu negócio, negociação e esperavam fazer um bom negócio.
Este ataque suicida do Boko Haram é uma indicação clara de suas intenções em alargar o âmbito das suas más ações. À medida que as forças da região estão organizando uma ofensiva militar contra eles, através  do Chade, Camarões e Nigéria, o Boko Haram, mais confiante do que nunca, também mobiliza-se do seu lado, minimizando e fazendo com que os países envolvidos; procuram como se assegurar!
Forças africanas ridículas
Abubakar Shekau em mente gosta de ridicularizar forças africanas. Ele promete-lhes o inferno, pegando-os como passarinhos, porque o número da série de 7000 ou 7500 soldados terrivelmente  anunciados é "ridícula"
Diante de tal febre da guerra e da tal impertinência rebelde, o que podem os países africanos, se não reforçar as suas vontades sinérgicas, reforçar as suas estratégias de resposta, a ponto de, por sua possível frouxidão, dar esperança a Boko Haram, de encontrar um apêndice africano do Estado Islâmico.
O Parlamento da Nigéria em sessão e os de outros países, manifestam realmente o seu interesse para votar rapidamente as leis adequadas e orçamentos substanciais para permitir que os soldados na linha da frente possam levar com paixão e ousadia a batalha contra a seita islâmica que quer a todo custo difundir sua ideologia por trás de suas ações. Caso contrário, todo mundo já está querendo saber quem é o próximo da lista?

De Maria BABIA 

# Para GuineeConakry.info

CAN 2015: A chegada dos elefantes da Costa do Marfim em Abidjan.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

CAN

Yaya Toure e seus companheiros foram recebidos pelo chefe de Estado Alassane Ouattara e vários membros do governo, na segunda-feira, 09 de fevereiro, no aeroporto Felix Houphouet-Boigny por volta das 14h e 15 minutos.

A Costa do Marfim venceu no domingo o Campeonato Africano das Nações (CAN) e recebeu inteiramente as honras de toda a nação, à cabeça o Presidente da República, em pessoa.

Milhares de torcedores, vestindo a camisa laranja da equipe nacional também invadiram as principais artérias da capital da Costa do Marfim para uma recepção calorosa para os heróis da Costa do Marfim. Do aeroporto para o estádio Felix Houphouet-Boigny a mobilização foi total.

De acordo com a Rádio e Televisão Marfinense (RTI) a procissão dos campeões africanos após a fase do aeroporto agitando-se depois para o Planalto e passando para Akwaba de Port-Bouët e o boulevard Valéry-Giscard-d’Estaing.

Do Plateau, o circuito prevê a Praça da República, o Círculo de trilhos, a Cidade Administrativa, o Ministério do Interior e da segurança. O Estádio Felix Houphouet-Boigny será a base para receber os heróis. Decoração cerimônia está programada para esta terça-feira.



A Costa do Marfim venceu no domingo  a final da 30ª edição do Campeonato Africano das Nações, no estádio de Bata, na Guiné Equatorial, 23 anos após o seu primeiro troféu em 1992 no Senegal.

#abidjan.net

Presidente angolano reúne Conselho da República, num gesto raro.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

É a primeira vez que o órgão consultivo angolano se vai reunir depois das eleições de 2012. Angola enfrenta uma grave crise económica motivada pela queda do preço do petróleo a nível mundial.

O Presidente angolano anunciou para a manhã desta terça-feira (10.02), na Cidade Alta, em Luanda, uma reunião do Conselho da República, um órgão consultivo que engloba dirigentes da oposição e ainda o vice-Presidente, Manuel Vicente, o presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, o presidente do Tribunal Constitucional, Rui Ferreira, e o Procurador-Geral da República, João Maria de Sousa.
A convocatória inesperada de José Eduardo dos Santos, a primeira desde as eleições gerais de 2012, surge numa altura em que o país se debate com uma grave crise económica, que obrigou o Governo angolano a cancelar vários projetos sociais e educacionais. Na sexta-feira passada, um dia antes do anúncio da reunião, o Conselho de Ministros angolano aprovou uma proposta de Orçamento de Estado retificativo para 2015, que prevê o corte de um terço do total da despesa pública.

Alcides Sakala, porta-voz da UNITA
Pouco se sabe sobre o que estará em debate
De momento, desconhece-se ainda em concreto quais serão os temas em discussão na reunião do Conselho da República. Alcides Sakala, da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), diz apenas que há várias questões que o seu partido pretende colocar ao Presidente angolano relativamente à vida política do país.
"Naturalmente, o nosso presidente, Isaías Samakuva, vai estar ali porque tem assento neste Conselho", diz Sakala, porta-voz do maior partido da oposição. "Temos, de facto, um conjunto de preocupações neste ano de 2015, que terá muitos desafios."
Sakala recusou-se a entrar em pormenores sobre o conjunto de preocupações que o partido levará ao encontro, garantindo apenas que Samakuva falará à imprensa depois da reunião.
A Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE), terceira força parlamentar do país, preferiu não comentar a convocatória de emergência do órgão de consulta do Presidente da República.
Já o vice-presidente da bancada parlamentar do Movimento para a Libertação de Angola (MPLA), João Pinto, entende que conjuntura política e económica que o país vive atualmente estará na base da convocatória.
"Tem a ver com a própria conjuntura económica internacional, a queda do preço do petróleo. É nestes termos que o Presidente da República convoca o Conselho", afirma Pinto, em entrevista à DW África. Mas, segundo o deputado, "não há necessidade de grandes especulações sobre isto. É um órgão de consulta, sendo assim só funciona tomando em conta o interesse que o seu Presidente tiver sobre assuntos transversais. É essa a leitura que devemos fazer."

#dw.de

Rafael Marques denuncia expropriação de terras em Angola.

Acesse o LINK abaixo:


#dw.de

Total de visualizações de página