Postagem em destaque

BAMAKO E IYAD ENGAJADOS NA MESMA LUTA CONTRA EIGS NO MALI: Cuidado com o efeito bumerangue!

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Há poucos dias, foi em Menaka que foi visto ao lado de notáveis ​​tu...

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Prisão passa por reforma para receber atirador norueguês.


Imagem divulgada pela administração da prisão Ila mostra dependências da penitenciária, localizada nos arredores de Oslo. O extremista Anders Behring Breivik, julgado pela morte de 77 pessoas, passará grande parte da vida na penitenciária de Ila, reformada com grandes medidas de segurança para recebê-lo, independente se for condenado na sexta-feira à prisão ou a uma internação psiquiátrica  Foto: AFP

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

 Imagem divulgada pela administração da prisão Ila mostra dependências da penitenciária, localizada nos arredores de Oslo. O extremista Anders Behring Breivik, julgado pela morte de 77 pessoas, passará grande parte da vida na penitenciária de Ila, reformada com grandes medidas de segurança para recebê-lo, independente se for condenado na sexta-feira à prisão ou a uma internação psiquiátrica.

As palavras e o terror: frases marcantes do julgamento de Breivik

O extremista Anders Behring Breivik, autor dos atentados de julho de 2011 na Noruega, nos quais morreram 77 pessoas, está preparando sua autobiografia na prisão, revelou nesta quarta-feira um de seus advogados. "Ele diz que está trabalhando com uma autobiografia. Nela incluirá mais informações sobre o caso", declarou Tord Jordet, um dos advogados auxiliares que defendem Breivik, ao jornal norueguês VG Tord Jordet.
No livro, Breivik falará sobre células terroristas que o autor do massacre assegura existirem na Noruega e sobre sua viagem para Londres e Libéria para se encontrar com membros da rede Cavaleiros Templários, que ele assegura fazer parte, mas que a promotoria diz ser invenção sua. A autobiografia incluirá também detalhes dos preparativos do duplo atentado e de sua ideologia, temas sobre os quais ele já tinha anunciado anteriormente que escreveria enquanto estivesse preso.
O tribunal de Oslo deverá decidir nesta sexta-feira se considera Breivik penalmente responsável e o condena a prisão, ou se ele padece de algum transtorno mental e deve ser internado em alguma instituição psiquiátrica, como pede a promotoria. A audiência durará seis horas, mais ao contrário do habitual, começará pela conclusão e depois continuará enumerando as premissas da decisão.
Breivik preparou dois comentários em função do resultado da sentença, segundo revelou nesta quarta-feira ao jornal local Aftenposten seu principal advogado. O fundamentalista cristão e ultradireitista norueguês reiterou em várias ocasiões que se for declarado não responsável penalmente recorrerá da decisão.

Prisão ou centro psiquiátrico: saiba o que espera Breivik


A vida diária de Anders Behring Breivik dependerá da pena a que será condenado na sexta-feira - a prisão ou o centro psiquiátrico - e, sobretudo, da possibilidade do caso ser reexaminado.
Condenação à prisão
Se Breivik for declarado penalmente responsável, será condenado a uma pena de retenção de segurança, ou seja, uma pena de prisão prolongada de maneira indefinida enquanto for considerado perigoso.
Em um primeiro momento, a pena máxima é de 21 anos. Depois deste período, a justiça pode estabelecer prorrogações por período de até cinco anos. A pena representa um período mínimo de até 10 anos, durante o qual o prisioneiro não pode solicitar a liberdade condicional. Após o prazo, o detido pode formular um pedido de liberdade condicional a cada ano.
Se for condenado à prisão, Breivik cumprirá a pena em um estabelecimento de segurança máxima e será isolado dos outros prisioneiros.
Internado em um centro psiquiátrico
Se Breivik for declarado penalmente irresponsável, será internado em um centro psiquiátrico fechado, para ser submetido a um tratamento, possivelmente até a morte.
Depois do primeiro ano de internação, Breivik poderá solicitar todos os anos à justiça que reavalie o caso. Mesmo que o réu não peça a revisão do caso, a justiça deverá fazê-lo pelo menos uma vez a cada três anos.
Caso seja considerado curado, a lei da Noruega permite que seja transferido à prisão se continuar sendo considerado perigoso, um mecanismo que foi utilizado apenas uma vez e que, segundo os juristas, poderá ser questionado pelo Tribunal Europeu dos Direitos Humanos.
Por motivos de segurança, mesmo que seja condenado a uma internação psiquiátrica, Breivik permanecerá em uma prisão, a de Ila, perto de Oslo, na qual foi construído um pequeno hospital em uma de suas alas.

Polícia tcheca prende admirador de Breivik com armas e explosivos.

A polícia tcheca informou neste sábado que prendeu um admirador do extremista norueguês Anders Behring Breivik com um arsenal de armas e explosivos que poderiam ter sido utilizados em um atentado. O suspeito já fora detido no passado por diversos delitos, incluindo a posse de armas.

Em sua comunicação pela internet, ele utilizava o apelido de Breivik, o que chamou a atenção dos investigadores. A polícia da República Tcheca explicou que o detido, de 29 anos, estava reunindo armas e explosivos com a possível finalidade de preparar atentados inspirados nos realizados pelo norueguês. "Apreendemos computadores, armas, munição e explosivos", disse Radovan Vojta, chefe da polícia de Ostrava, cidade onde vive o admirador de Breivik.
A operação que resultou na prisão do suposto terrorista foi realizada em 10 de agosto, e segundo a polícia o armamento encontrado estava funcionando. A ação foi realizada por um grupo de elite, pois a polícia temia que houvesse armadilhas explosivas em sua casa. Vojta explicou que provavelmente o detido queria se fazer passar por um agente, pois tinha adquirido partes de um uniforme policial.
Vizinhos disseram que o homem era um desequilibrado mental e não um militante da extrema-direita. Em julho do ano passado, Breivik realizou dois atentados na Noruega, matando 77 pessoas.

fonte: terra.com.br

 





















Total de visualizações de página