Postagem em destaque

Ucrânia: Lula se recusa a entregar munição para tanques.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... O governo brasileiro se opôs ao pedido da Alemanha de entrega de mun...

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Vestígios de ebola são achados em sêmen de paciente curado há 6 meses.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Segundo a OMS, a presença mais longa do vírus era de 82 dias. Homem deixou unidade na Libéria em setembro.



A Organização Mundial da Saúde (OMS) indicou nesta quarta-feira que encontrou vestígios do vírus do ebola no sêmen de um homem na Libéria curado seis meses antes.
Até hoje, a presença mais longa do vírus no corpo de um paciente registrado pela organização era de "82 dias desde o início da infecção", segundo um estudo de 1995 sobre um paciente da República Democrática do Congo (RDC).
"Foram encontrados vestígios do vírus no esperma ao menos seis meses depois da cura" do paciente, afirmou o porta-voz da OMS, Tarek Jasarevic.
No entanto, disse o porta-voz, há no momento um único caso, o do paciente da Libéria.
Este homem deixou uma unidade de tratamento do ebola em setembro depois que seus testes sanguíneos deram negativo para o vírus.
O paciente "entregou uma amostra de seu esperma que deu positivo 175 dias depois de seu teste sanguíneo negativo", explicou Jasarevic.
"Precisamos entender melhor se este caso particular é uma anomalia ou se realmente um grupo de pessoas pode conservar vestígios de ebola por um prazo tão longo. Levará um tempo fazer estes estudos", disse o porta-voz.
Quanto ao caráter potencialmente infeccioso deste esperma, a OMS preferiu não tirar conclusões e emitir apenas uma mensagem de prevenção.
Até agora a recomendação de evitar relações sexuais depois de ser infectado pelo vírus se limitava a três meses após o surgimento dos primeiros sintomas da doença.
A incubação do vírus dura até 21 dias, período durante o qual a pessoa deve permanecer em observação.
O vírus deixou 10.604 mortos desde seu surgimento, no fim de 2013 no oeste da África, principalmente em Libéria, Serra Leoa e Guiné, segundo o último relatório da OMS.
#g1.globo.com

Guiné-Bissau: Resumo de notícias.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Quatro detidos por posse de droga em Bissau


A Policia Judiciaria da Guiné-Bissau deteve este ano, de Fevereiro a Abril, quatro indivíduos no aeroporto de Bissau com droga escondida no estômago, provenientes do Brasil, tendo como destino final países europeus.

Fernando Jorge da Costa, diretor adjunto da PJ guineense, disse que a corporação estará sempre preocupada quando o território nacional «é utilizado como ponto de passagem» da droga.

Entre os detidos no aeroporto de Bissau, três são cidadãos da Guiné-Bissau e um é togolês originário da Nigéria.

O último a ser apanhado, no fim-de-semana, é um cidadão guineense, funcionário público, que vinha do Brasil e que foi surpreendido com 76 cápsulas de cocaína no estômago.

Detidos 20 agentes por furto de cabos elétricos no estádio nacional da Guiné-Bissau.

Bissau, 15 abr (Lusa) - A Polícia Judiciária da Guiné-Bissau anunciou hoje a detenção de 23 pessoas -- 20 das quais agentes de forças policiais - por suspeitas de furto de cabos elétricos no Estádio Nacional 24 de Setembro.
O diretor-geral adjunto da PJ guineense, Fernando Jorge Costa, revelou hoje, em conferência de imprensa, que os suspeitos são três civis e 20 agentes das forças de ordem encarregados de manter segurança no estádio.
Todos foram presentes ao Ministério Público para interrogatório, refere a PJ.
O roubo ocorreu no final de março e a polícia suspeita que tenha sido organizado por guardas do recinto, entre elementos da Policia de Ordem Pública e agentes da Guarda Nacional.
Segundo o diretor do estádio, Simão da Rocha, todo o sistema elétrico ficou danificado com prejuízos que ascendem a 410 mil euros.
O ministro da Administração Interna, Octávio Alves, anunciou na semana passada que todos os agentes envolvidos estão suspensos de funções para averiguações, aguardando por decisão da Justiça.
O governante promete "mão dura" para todos os implicados no furto, sobretudo para os agentes da segurança.
O Estádio Nacional 24 de Setembro, o maior do país e o único com relvado natural na Guiné-Bissau, tem capacidade para albergar 15 mil espectadores.

MB // PJA
Lusa/Fim

BID cede ajuda de 30 milhões
Geraldo Martins, ministro da Economia e das Finanças da Guiné-Bissau


O Ministro da Economia e das Finanças da Guiné-Bissau, Geraldo Martins, anunciou que o Banco Islâmico para o Desenvolvimento (BID) vai conceder ao país uma ajuda no valor de 30 milhões de dólares, o equivalente a mais de 28 milhões de euros.

A informação foi dada pelo ministro da tutela na apresentação dos indicadores múltiplos de 2014, relativo à avaliação de bem-estar e direitos das crianças guineenses.

Geraldo Martins mostrou confiança no futuro, garantindo que a Guiné-Bissau terá à sua disposição «muitos meios financeiros para a execução de políticas públicas».

#abola.pt

África Ocidental: Discurso do presidente Obama antes da reunião sobre Ebola com líderes da África Ocidental.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...




Washington, DC - O PRESIDENTE: Bem, eu quero receber os Presidentes Sirleaf, Koroma e Condé. Os Estados Unidos têm uma longa parceria com a Libéria, a Serra Leoa e Guiné - parcerias que provam ser críticas na luta contra o Ebola. Nós estamos aqui para avaliar o progresso de hoje e olhar para frente.

Começamos por observar as perdas incríveis que ocorreram em todos os três países. Mais de 10.000 pessoas morreram de Ebola - homens, mulheres e crianças. Em nome do povo americano, queremos expressar nossas mais profundas condolências às famílias e reconhecer quão difícil isso tem sido para todos os países envolvidos.

Em circunstâncias extraordinárias, as pessoas destes três países têm mostrado grande coragem e determinação, trataram e cuidaram uns dos outros, especialmente crianças e órfãos. Os Estados Unidos estão orgulhosos de liderar o esforço internacional para trabalhar com esses três países em uma resposta global.

#allafrica.com


Total de visualizações de página