Postagem em destaque

BAMAKO E IYAD ENGAJADOS NA MESMA LUTA CONTRA EIGS NO MALI: Cuidado com o efeito bumerangue!

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Há poucos dias, foi em Menaka que foi visto ao lado de notáveis ​​tu...

quarta-feira, 11 de março de 2015

Guiné-Conacry: Uma revelação bombástica -> BAIDY ARIBOT - nova reviravolta na tentativa de assassinato do Presidente Lansana Conté.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Em um levantamento documental exclusivo, transmitido em canal de televisão francês Canal + na noite desta segunda-feira, 9 de março, no show apresentado por Stéphane Haumant, Baidy Aribot da UFR (União das Forças Republicanas), o general Mamadouba Toto Camara, ex-membro da junta, e o homem de negócios Ibrahima Camara Capi, o Director de GHI Novotel  estão envolvidos na tentativa de assassinato na qual seria víttima de incêndio o presidente Lansana Conté  em 2004.



Este documento excepcional de uma dezena de minutos, mostra os três homens conversando em torno de uma mesa de jantar, ilustrado no vídeo "sobre como proceder com a execução do ataque", mas também de depoimentos que atestam a "responsabilidade" das pessoas mencionadas na preparação e planejamento do ato.
Onze anos após o fato, o documento exclusivo do Canal + nesta tentativa de assassinato que ainda não foi ilucidado de forma satisfatória para a opinião pública,  entretanto, nenhum patrocinador, nenhum responsável ficou claramente identificado.
Quanto ao principal preocupado com as acusações neste caso Baidy Aribot, ele negou qualquer envolvimento no caso e apontou para uma conspiração política: "Esta é uma montagem de conjunto de todas as peças, a justiça já conseguiu resolver esse dossiê em 2004 , Ele foi inocentado nesse caso. Aqueles que querem usar este vídeo para objetivos políticos me encontrarão em seu caminho! "
Ele também coloca a conta deste documento como uma estratégia para recuperar o poder, para reconquistar a Base ao lado dos guineenses para as próximas eleições, "Esssa é uma monategem política para prejudicar nossa imagem e para que a opinião pública que apoia muito o Presidente Conté, se revolte contra nós. Mas eles estão errados ".
Além disso, ele ameaçou apresentar uma queixa contra o canal Canal + classificando essas informações como "truncadas"
Se alguns observadores colocam sobre a questão a oportunidade e temem a distribuição deste documento a alguns meses antes dos prazos presidenciais; é certo que o problema não foi resolvido corretamente.
Se faz necessário que este caso tenha sido fechado sem que houvesse ação pelos tribunais e os incriminados, tinham na época, sido inocentados.
Por: Pivi BILIVOGUI GCI
# 2015 - GuineeConakry.Info

Total de visualizações de página