Postagem em destaque

BAMAKO E IYAD ENGAJADOS NA MESMA LUTA CONTRA EIGS NO MALI: Cuidado com o efeito bumerangue!

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Há poucos dias, foi em Menaka que foi visto ao lado de notáveis ​​tu...

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Início de “mais quatro anos” para Obama.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


Veja você também:
Ele merece! Ele é um orgulho da classe negra americana!
Por suas raízes eu acredito que ele constitui uma figura 
de grande admiração por uma pequena elite de 
dirigentes africanos. Que Deus o proteja!  (Samuel)

Forças da França e do Mali entram em Diabali.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


Cidade estava tomada por islamitas e foi abandonada parcialmente.
Islamitas enfrentam governo e dominam parte do norte do país africano.


Soldados franceses e malineses entraram na manhã desta segunda-feira (21) na cidade de Diabali (no oeste do Mali), localidade que esteve nas mãos dos islamitas por uma semana antes de ser parcialmente abandonada no dia 17 de janeiro após os bombardeios da aviação francesa, indicaram à AFP fontes no local.
Uma coluna de cerca de trinta veículos blindados na qual havia cerca de 200 soldados malineses e franceses entrou na cidade por volta das 9h locais (7h de Brasília) sem encontrar resistência, informou o jornalista da AFP que acompanhava os militares.
Os veículos blindados saíram de madrugada da cidade de Niono, 350 km a nordeste de Bamako. Niono está 60 km ao sul de Diabali, onde o exército do Mali realizou nos últimos dias missões de reconhecimento.
O ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian, havia indicado no domingo (20) que Diabali ainda não havia sido reconquistada. "Tudo parece indicar que a evolução de Diabali será positiva nas próximas horas", disse.
"O objetivo é a reconquista total do Mali. Não deixaremos focos" de resistência, declarou Le Drian, que espera, no entanto, que a força regional africana, que está sendo mobilizada, substitua rapidamente a intervenção francesa.
mapa mali 18/1 (Foto: 1)
Ajuda
A Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) exortou sábado à ONU a "fornecer imediatamente apoio logístico e financeiro para a implantação de Misma" (Missão Internacional de Suporte ao Mali), após uma reunião extraordinária em Abidjan.
Berlim, que já anunciou o envio de dois aviões de transporte, prometeu neste domingo uma assistência adicional financeira aos países africanos envolvidos na operação militar no Mali, na reunião de doadores que será realizada em 29 de janeiro em Addis Abeba.
Na Argélia, 55 pessoas, entre terroristas, argelinos e estrangeiros, foram mortas durante o ataque seguido de sequestro em um campo de exploração de gás no Saara argelino, perto de In Amenas, 1.300 km a sudeste de Argel, de acordo com um balanço oficial provisório, que poderá subir, de acordo com as autoridades.
Os sequestradores queriam negociar com a França o fim da guerra no Mali.
fonte: g1.globo.com

Total de visualizações de página