Postagem em destaque

BAMAKO E IYAD ENGAJADOS NA MESMA LUTA CONTRA EIGS NO MALI: Cuidado com o efeito bumerangue!

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Há poucos dias, foi em Menaka que foi visto ao lado de notáveis ​​tu...

sábado, 18 de junho de 2011

O Presidente de Rwanda, SE Paul Kagame fala da África para a diáspora rwandense nos States.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...



Perdoar é preciso!

Olhando para trás, o Presidente Paul Kagame não seria assim tão ovacionado como vemos no vídeo, se a imagem do genocídio recobrisse a memória dos presentes na platéia recordando a morte de um irmão, uma mãe, um pai, um vizinho, um primo, etc, etc. Assim como os Rwandenses se perdoam, nós devemo-nos se perdoar, para traçarmos novos rumos para o tão almejado desenvolvimento do país.
 




Prezados leitores,

Eu, Samuel Vieira, sempre levei em consideração que a informação joga um papel preponderante na evolução da sociedade. E quando ela é ilustrada, ou seja, transmitida quer na forma escrita, verbal ou através da imagem, nossa capacidade de absorver essas informações transcendem as expectativas. Os meios de comunicação nos favorecem hoje e de que maneira; a acompanhar o desenrolar da vida em qualquer parte do planeta e muitas vezes em tempo real, pelo que agradecemos os meios de comunicação e a evolução da tecnologia da informação. Não sou jornalista de profissão, porém, uso minha mera capacidade no domínio tecnológico e em meu blog, para favorecer a outros tantos leitores ou curiosos, com informações que na minha óptica são imprescindíveis para favorecer evolução do conhecimento.  
Disponibilizo aqui uma mine palestra proferida em vídeo pelo actual Presidente de Rwanda, Paul Kagame aos seus compatriotas residentes nos States. A palestra é em inglês com tradução para o francês, pelo que acredito que será bem interpretada pela maioria dos guineenses na diáspora e mais ainda, pelos que vivem no país onde uma boa parte usa o francês como língua de trabalho ou de negócios, ou os que viveram e aprenderam o francês em países vizinhos, onde se fala francês.
Kagame falou e falou muito bem sobre perspectivas futuras para o nosso continente e exortou os rwandenses para o regresso à pátria.

Veja o vídeo:

Rússia - Fórum de São Petersburgo Cobrou Força.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Photo: RIA Novosti
A “Internet” deixou de ser um meio de comunicação, chegando a ser um fator político muito poderoso. Os que ignoram esta mudança nada entendem da vida contemporânea – declarou Dmitri Medvedev durante a discussão sobre as possíveis vias de desenvolvimento da “Grande Rede”. O tema do futuro da WEB esteve no centro das discussões travadas na sexta-feira, 17 de junho, no Fórum Econômico Internacional em São Petersburgo.
Ultimamente, nenhuma discussão internacional importante tem estado contornando os acontecimentos ocorridos no espaço digital. O presidente lembrou que o tema havia surgido pela primeira vez como um tópico dos debates durante a cúpula do “Grupo dos Oito” na cidade francesa de Deauville. E não é para menos, porque presentemente a “Internet” não somente vai mudando ela própria, como também passa a ditar novas regras de jogo – pensa Dmitri Medvedev. E continua:
Se encararmos a “Internet” como um fenômeno integral, se pensarmos no futuro, então saberemos encontrar um lugar russo no meio internético. Em todo caso, estou contente de termos podido alcançar a ideia relacionada ao registro do domínio de nível superior. Estou me referindo à Federação Russa. Ao que me consta, isso criou um certo lugar específico para a “Internet” russa. E também enriqueceu a “Internet” em geral.
Os especialistas estrangeiros entrevistados pela “Voz da Rússia” assinalam que o reconhecimento dado pelo Governo à força da influência da “Teia Mundial” e ao papel por ela desempenhado no desenvolvimento do País é um passo positivo. Em entrevisra exclusiva à nossa emissora, o presidente da corporação “Google”, Eric Schmidt, apontou que os investimentos nas telecomunicações e as tecnologias digitais contemporâneas são um penhor de desenvolvimento do capital humano na Rússia. Ela acha que na Rússia não faltam recursos e potencial para desenvolver ativamente esse ramo. Disse mais adiante:
Confio sinceramente na importância decisiva que tem o desenvolvimento das tecnologias de acesso à banda larga e sem fio à Grande Rede. A “Internet” cria novos postos de trabalho.
Este ano, Eric Schmidt foi uma figura central do encontro em São Petersburgo. Durante seu seminário aberto denominado “Mundo Através dos Olhos da `Google´”, a sala estava á cunha. Entre outras coisas, o palestrante disse que as pesquisas em tecnologias de informação realizadas por Universidades russas têm um nível bastante alto.
Todavia, a Rússia não pode apenas copiar cegamente a experiência ocidental – disse em entrevista à nossa emissora o ministro das Comunicações e Telecomunicações, Igor Chiogolev. Diante dos fatores regionais específicos, um desenvolvimento heterogêneo das diversas regiões e as imensas vastidões do País, o Estado tem de desempenhar um papel regulador importante. E prosseguiu:
Estamos desenvolvendo, por exemplo, um projeto de “Internet” via satélite. Claro que essa modalidade da WEB não permite alcançar as mesmas velocidades que as alcançadas com facilidade através da fibra ótica. Mas, por outro lado, isso permite abarcar com um dinheiro razoável os gigantescos territórios da Rússia e reduzir o hiato informativo digital que hoje existe entre as diversas regiões.
Um projeto inovador com uma envergadura sem precedentes capaz de fundamentar toda a tecnologia de comércio varejista em uma base eletrônica de última geração foi apresentado por Anatoli Tchubais, presidente da corporação governamental “RosNano”. Trata-se das chamadas marcas de radiofrequência. Essa tecnologia está sendo ensaiada em muitos países, entre os quais a Rússia. Disse mais adiante:
É uma loja em que o código de barras tradicional, o qual vai caducando a olhos vistos, é substituído pelo “Radio Frequency Identification”, o cartão que registra sem contato todos os dados sobre o produto e da mesma forma transmite a informação sobre seu preço e sobre o fato de sua compra. Se quisermos simplificar ao máximo a situação, poderemos dizer que em tal loja desaparece a necessidade de caixa registradora. E surge uma tecnologia qualitativamente nova, ou seja, o comprador chega, pega os produtos que deseja e vai embora.
Como se sabe, uma missão principal do Fórum Econômico Internacional em São Petersburgo consiste em entabular contatos negociais com parceiros estrangeiros desejosos de investir na economia russa. Por isso, as palavras de Dmitri Medvedev sobre a necessidade de intensificar o processo de privatização motivou uma discussão ativa entre os financistas. Muitos especialistas logo se puseram a falar sobre uma venda iminente de um pacote de ações do “Sberbank” e VTB, os mais importantes da Rússia. O presidente do banco VTB24, que forma parte do grupo bancário VTB, Mikhail Zadornov, está certo de que é uma medida positiva capaz de atrair um grande volume de investimentos. Todavia, é preciso evitar uma pressa que possa fazer baixar a capitalização de companhias, também uma situação em que a demanda não consegue acompanhar a oferta.

Fonte: vozdarussia

Total de visualizações de página