Postagem em destaque

CONCESSÃO DO PRÊMIO HOUPHOUET BOIGNY PELA BUSCA DA PAZ EM RCI: Os marfinenses poderão finalmente se olhar no espelho?

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Realiza-se esta quarta-feira, 8 de fevereiro de 2023, em Yamoussoukr...

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Guiné-Conacry: O fim do Ebola o contingente francês se retira de Tamarin.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Esta sexta-feira, 14 de agosto de 2015, Aviação Militar, do contingente francês Tamarin, um destacamento militar médico do exército francês envolvido com a Guiné na luta contra o Ebola, fez em definitivo, a cerimônia oficial, o processo mediante a entrega de centro de tratamento de cuidadores (CTS) às autoridades guineenses após a sua descontaminação completa.


Ban Ki-moon e Presidente Alpha Conte visitam CTS, em 20 de dezembro de 2014

A cerimônia oficial com a presença do Ministro da Defesa Nacional, Abdul Kabele Camara, o representante do encarregado de negócios da Embaixada da França, e o Chefe de Gabinete do Ministério da Saúde e parceiros como a OMS.
Após a montagem das cores perante a banda, o ministro guineense da Defesa congratulou-se com o apoio da França, que ela tem "sido instrumental na resposta ao Ebola. "Ele também se congratulou com a transferência de tecnologia que acompanhou a entrega de CTS.
Para recapitular, o CTS foi oficialmente encerrado em 7 de julho, depois de receber sete meses de operação, 56 pacientes, dos quais 26 foram infectados com o vírus e 16 saíram curados. A cerimônia desta desta sexta-feira constituiu para render as autoridades guineenses o site que abriga o CTS, após a sua inteira descontaminação.
Segundo o representante da embaixada da França, "o mandato do contingente Tamarin tinha expirado, e o estado da estabilização da epidemia, combinado com a descoberta de uma vacina candidata conclusiva contra o Ebola, temos convencido as autoridades francesas a repatriar o contingente cujo papel principal terá sido, segundo ele, de responder a uma falta, de tratar o pessoal médico envolvido no tratamento de doentes de Ebola.

Aliou Mamadou Diallo para GCI
2015-GuineeConakry.Info


Brasil é o quarto maior mercado de Turismo de Luxo a nível mundial.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Brasil é o quarto maior mercado de Turismo de Luxo a nível mundial. 22735.jpeg

Brasil é o quarto maior mercado de Turismo de Luxo a nível mundial


  • Turismo de Luxo movimentou cerca de 172 mil milhões de euros no ano passado
  • Valor médio das estadias de luxo a nível mundial rondam os 260€ por dia
  • Embratur tem vindo a promover este segmento junto de mercados estratégicos como os EUA
  
Lisboa, 13 de agosto de 2015 - O Brasil ocupa a quarta posição na lista dos maiores mercados receptores de Turismo de Luxo. Os dados são da ITB Berlim e IPK International, publicados este ano, que afirmam que este nicho foi aquele que mais cresceu nos últimos cinco anos, representando um aumento de 48%. À frente do Brasil estão os EUA, a Alemanha e a Argentina.

Segundo a mesma fonte, estima-se que um total de 172 mil milhões de euros foram gastos em Turismo de Luxo no ano passado a nível mundial. "Férias" são o principal motivo deste tipo de Turismo, representando 74% do total de viagens, sendo os "tours", com 29%, o principal tipo de atividade. Seguem-se as visitas às cidades, férias na praia e cruzeiros. Já as "viagens de negócios", nomeadamente reuniões e eventos, representam os outros 26% das viagens de Luxo

#pravda.ru

Estados Unidos inauguram oficialmente sua embaixada em Cuba.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Apertura de Embajada de Estados Unidos en Cuba
Photo: Juvenal Balán

Centenas de pessoas em uma esplanada dentro da embaixada e nas áreas exteriores, foram testemunhas daquilo que é qualificado como um fato histórico.
A cerimônia de içamento da bandeira estadunidense na embaixada deste país em Havana, em 14 de agosto, foi presidida pelo secretário do Estado dos Estados Unidos, John Kerry. O ato constituiu a cerimônia oficial de abertura da sede diplomática desse país em Cuba, que já funciona como tal desde 20 de julho passado.
Especialmente convidados a este momento foram James Tracy, Mike East e Larry Morris, os três fuzileiros navais que arriaram a bandeira norte-americana em 1961, e os quais entregaram a que atualmente tremula no edifício instalado frente à avenida beira-mar (Malecón) de Havana.
Jeffrey DeLaurentis, encarregado de negócios, ao dar as boas-vindas à delegação estadunidense ao edifício e à representação cubana — liderada pela diretora-geral para os Estados Unidos da chancelaria cubana, Josefina Vidal — indicou que hoje representa o começo de um novo capítulo para ambos os países.
Centenas de pessoas em uma esplanada dentro da embaixada e nas áreas exteriores, foram testemunhas daquilo que é qualificado como um fato histórico. Igualmente, nas proximidades da sede, repôrteres, câmeras e fotógrafos de meios de todo o mundo assistiram ao acontecimento.
O poeta estadunidense de origem cubana, Richard Blanco, declamou o poema “Cosas de mar”, e depois o secretário do Estado estadunidense proferiu seu discurso, expressando que este é o momento de aproximarmo-nos os dois povos, não já como inimigos o rivais, mas sim como vizinhos. É o momento de levantar nossas bandeiras e fazer saber ao resto do mundo que desejamos o melhor uns para os outros.
A reabertura formal da embaixada e a visita de Kerry a Cuba, a primeira de um secretário do Estado dos Estados Unidos em 70 anos à Ilha, define o fim da primeira etapa chave da normalização das relações entre ambos os países. Um processo iniciado em 17 de dezembro de 2014 quando os presidentes cubano, Raúl Castro, e estadunidense, Barack Obama, anunciaram sua decisão mútua de avançar rumo ao reatamento dos vínculos entre ambos os países, interrompidos pela decisão dos Estados Unidos há quase 55 anos.
Agora começa um longo período rumo à normalização dos vínculos entre ambos os países que inclui por parte dos Estados Unidos o levantamento do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto a Cuba, bem como a devolução do território ocupado ilegalmente em Guantánamo.
Esta atividade oficial é a contraparte do ato oficial que efetuado em 20 de julho passado, na missão diplomática cubana em Washington, dia em que tremulou pela primeira vez, após mais de meio século, a bandeira cubana.
#granma.cu

Crise política na Guiné-Bissau após dissolução de seu governo.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


Foto: dw.de
A Guiné-Bissau entrou nesta quinta-feira em uma crise política depois que o presidente da república, José Mario Vaz, dissolveu o governo do primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira, por mal-entendidos na cúpula do Estado.
"O governo liderado pelo primeiro-ministro Domingo Simões Pereira está dissolvido", informa um decreto presidencial da noite de quarta-feira que a AFP recebeu nesta quinta-feira.
Pereira havia formado seu Executivo em julho de 2014, depois da vitória de José Mario Vaz nas eleições presidenciais de maio.
Em um discurso à nação na noite de quarta-feira, Vaz declarou que "a crise de confiança na cúpula do Estado", que prejudicava o "bom funcionamento das instituições", não pôde ser resolvido apesar do esforços de conciliação de diferentes interlocutores.
O presidente deu como exemplo de questões em litígio com seu primeiro-ministro "a designação de um novo chefe do Estado maior do exército", "a corrupção, o nepotismo, e obstruções à justiça", entre outros.
Tanto Vaz como Pereira são membros do Partido Africano pela Independência da Guiné-Bissau e de Cabo Verde (PAIGC), formação que liderou a luta pela independência desta ex-colônia portuguesa, obtida em 1974.
Após a dissolução do governo, o presidente Vaz deve "pedir ao PAIGC que lhe proponha o nome do futuro primeiro-ministro, como estabelece a constituição", explicou à AFP o jurista guineense Carlos Vamain.
O PAIGC, que conta com a maioria na Assembleia Nacional com 57 deputados dos 102 que a compõe, tinha previsto reunir-se nesta quinta-feira para escutar o nome proposto, segundo fontes próximas a este partido.
Mas poderá ser dado um bloqueio se o partido decidir manter em suas funções Domingo Simões Pereira, segundo as mesmas fontes.
* AFP

África: David Oyewole Becomes primeiro negro James Bond.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


Foto: David Oyelowo/Instagram 

Foi confirmado que o ator britânico nascido na Nigéria, David Oyelowo é o próximo James Bond.

Confirmou-se que a estrela do filme aclamado mundialmente, Selma, vai assumir o caráter de uma edição de áudio livro de Gatilho Mortis, escrita por Anthony Horowitz.

"Eu sou oficialmente a única pessoa no planeta Terra que pode legitimamente dizer:" Eu sou o novo James Bond "- mesmo dizendo que o nome é equivalente ao jeito cinematográfico de dizer" ser ou não ser "discurso", disse David após sua nomeação ser  anunciada.

Ele acrescentou: "Foi-me pedido especificamente pelo espólio de Fleming, que é realmente especial."

Gatilho Mortis ocorre duas semanas após os acontecimentos de "Goldfinger" e será lançado no dia 08 de setembro de 2015.

Um ator de minoria negra ou étnica tem ainda de assumir o manto de Bond, James Bond, na tela, embora Idris Elba tem sido considerado o próximo candidato para o trabalho que tem visto sete atores a retratar o agente secreto.

E-mails vazados entre o ex-chefe da Sony Amy Pascal e Columbia Pictures revelaram que Idris foi favorecido como o próxima Bond, levando-o a twittar: "Não se supõe que o suposto 007 [é] bonito? Que bom que vocês acham que eu atiro! "

O ex-astro de Bond Pierce Brosnan também derrubou Idris para o papel, mas o ator em meio fio expressou preocupação sobre ser o primeiro "bond black '.

"Nós não dizemos" bond branco "nós apenas dizemos"ligação que existe "para que ele de repente se torne um homem negro que é um" bond black "', disse ele. "Eu odeio essa frase."

Aos 39 anos de idade é produtor, diretor e escritor e tem destaque em uma série de filmes que incluem: Maisie Raine, Spooks, Shoot the Messenger, As Time Goes By, The Mysteries Gil Mayo, Cinco Dias, A Paixão, O Good Wife, Ilha Pequena, Jack Reacher, Middle of Nowhere, rebeldes de Star Wars, O Último Rei da Escócia, Rise of the Apes Planeta, Cúmplices, Robot Chicken, Lincoln, Interstellar, entre muitos outros.

#allafrica.com

Guiné-Conacry: Moussa Dadis Camara em rota para Conakry?

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


Moussa Dadis Camara, durante uma conferência de imprensa em Ouagadougou, 11 de maio de 2015 © Ahmed Ouoba / AFP

O longo tempo de espera de retorno de Moussa Dadis Camará a Conakry, o ex-chefe da junta, pode ser anunciado hoje ou nos próximos dias. Um lugar foi reservado para o seu nome em um vôo decolando de Ouagadougou para Conakry no período da tarde.

No exílio, em Burkina Faso desde janeiro de 2010, Camará, no entanto, anunciou sua candidatura à presidência da Guiné em 11 de maio. Ele ainda tinha que voltar para casa para começar sua campanha eleitoral.

Repetidamente anunciado pela sua comitiva, o retorno para Conakry do ex-chefe da junta, no poder de dezembro de 2008 a janeiro de 2010, foi finalmente marcada para hoje. De acordo com seus parentes, um lugar foi reservado em seu nome em um vôo de Ouagadougou no início da tarde e através de Abidjan. O presidente da transição Burkinabé, Michel Kafando, foi avisado de sua partida.

As autoridades da Costa do Marfim de prontidão

Mas ele continua a obter das autoridades da Costa do Marfim a permissão de sua escala em Abidjan - para apenas a vôos diretos partindo de Ouagadougou para Conakry. O anfitrião está complicado para Costa do Marfim, Dadis espera por autorização para tomar o vôo hoje ou nos próximos dias. O seu advogado, Jean-Baptiste Haba, nega qualquer partida iminente, mas disse que ele poderia realmente intervir nos próximos dias.

Enquanto isso, os comitês de recepção estão se preparando para esta manhã. Em Abidjan e Conakry, nós aguardamos de pés firmes o filho de Floresta da Guiné. As autoridades guineenses também, uma vez que a justiça o acusou em 9 de julho, por cumplicidade em assassinato, seqüestro e estupro, durante o massacre de 28 de Setembro de 2009.

#jeuneafrique.com

Total de visualizações de página