Postagem em destaque

BAMAKO E IYAD ENGAJADOS NA MESMA LUTA CONTRA EIGS NO MALI: Cuidado com o efeito bumerangue!

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Há poucos dias, foi em Menaka que foi visto ao lado de notáveis ​​tu...

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Dentro de algumas horas, eu, Nô Djemberém, terei o prazer de comemorar com todos vocês as 5000 visitas.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


 Prezados leitores do Bogle Dejmberém!

É para mim uma grande satisfação dirigir-se-lhes, através dessas palavras que formam esse texto, para assinalar a comemoração de um grande passo, nessa caminhada que nos une, através de leituras de um conjunto de informações registradas no Bogle Djemberém. Notícias do mundo e principalmente da África têm jogado um papel preponderante na difusão de informações valiosas que não estavam ao alcance de um grande número de pessoas que acede diariamente esse espaço.
                O facto de hoje e dentro de escassas horas registrarmos 5.000(cinco mil) visitas ao Blog Djemberém marcando uma trajectoria que se iniciou a partir do mês de Março do ano corrente, é conveniente abrirmos um espaço para assinalar essa efeméride que descreve o quão importante esse trabalho que é de todos nós.  Imbuído numa luta que objectiva massificar informações a ponto de levá-las aos lugares mais longínquos e para pessoas de diferentes classes, meu esforço não tem limite. Busco diariamente confortar pessoas com informações diversas e de temas importantes para favorecer o aprimoramento do conhecimento. 
Não sou jornalista de profissão, mas sim Analista de Sistemas; entretanto pela ansiedade, o espírito público, o desejo de saber mais sobre tudo que move ao meu redor, encontro em vossas inspirações a energia inesgotável para engrandecer esse trabalho que, de vento em popa busca horizontes cada vez mais longínquos para alocar informações, imagens, vídeos para alegrar o vosso dia-a-dia. A Luta de Libertação foi o meu motivador e indutor através da voz de Joaquim Landim, radialista da Rádio de Libertação com imissões a partir da Guiné-Conacry no período 1968 a 1973. A voz que mobilizou os guineenses e os uniu num propósito – lutar pela libertação total do jugo colonial português.  OS TIMBA KURIDURIS, MORTE AOS COLONIALISTAS PORTUGUÊSES E SEUS LACAIOS, são entre outras palavras; a fonte inesgotável do arrojo de bravura do povo guineense.
A importância da informação e veículos que promovem sua divulgação são dois aspectos merecedores da nossa atenção. Lamentamos ainda existir, sobretudo, no nosso continente, perseguição aos órgãos independentes que trabalham de forma incansável para levar informações aos lugares mais distantes e habitadas por populações africanas. Tomar conhecimento de que ainda existem em muitos lugares na África, estações de rádios estatais funcionando precariamente, com instalações em avançado estado de degradação, salários não pagos aos funcionários ao longo vários meses, falta de material de trabalho, equipamentos, acessórios, etc, etc; comove e de supra-maneira, a todos que são amantes desse continente e do seu povo.  Na contra-mão dessa história assistimos pessoas que deviam ter o máximo de preocupação com esse estado de coisas; trilharem seus caminhos livremente, ostentando poder e riqueza, associado ao bel-prazer em seus carros de luxo e de cujo valores rondam os $US100.000,00 ou mais. Sabe-se também que, alguns progressos são registrados em alguns países africanos(o Gabão, por exemplo!) e que já projetam lançamentos de fibra ótica interligando seus computadores à alta velocidade e privilegiando informações ao seu povo, além de várias transações que permitem o rápido desenvolvimento do continente. Quando entrei nesse jogo de levar informações sobre África para todos os africanos e não só; assumi a responsabilidade de informar com coerência e responsabilidade dentro do limite da lei, enaltecendo sempre a fonte ou origem das informações.   Nosso Bogle Djemberém que hoje se aniversaria com um cantar de parabéns e um bolinho, não podia deixar de trazer a público o seu emblema de 5000 mil visitas feitas às suas páginas.  Essa glória nós devemos e agradecemos a você, que nesse momento está lendo essas informações e compartilha de certa maneira, a grande satisfação que nos move na realização desse trabalho.  

Um grande abraço!

Samuel Vieira

Total de visualizações de página