Postagem em destaque

BAMAKO E IYAD ENGAJADOS NA MESMA LUTA CONTRA EIGS NO MALI: Cuidado com o efeito bumerangue!

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Há poucos dias, foi em Menaka que foi visto ao lado de notáveis ​​tu...

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Ulisses Correia e Silva entrega chaves da Praia a Delegação da UE em Cabo Verde.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

O presidente da Camara Municipal da Praia entregou esta quarta-feira,6, as Chaves da cidade da Praia ao embaixador da União Europeia em Cabo Verde, José Manuel Pinto Teixeira. Este acto simbólico enquadra-se na semana da Parceria Especial entre a UE e Cabo Verde e do Dia da Europa, que se celebra este Sábado, 9.

Ulisses Correia e Silva entrega chaves da Praia a Delegação da UE emCabo Verde

Para o presidente da Câmara Municipal da Cidade da Praia, Ulisses Correia e Silva, a entrega das Chaves da Cidade simbolizam as relações de cooperação e o reconhecimento do contributo que a UE tem dado para o desenvolvimento da cidade.

conferido para o desenvolvimento do poder local, das relações empresariais e de investimentos dirigidos a Cabo Verde, particularmente à capital. O edil praiense espera que a chave seja uma"porta permanentemente aberta" para o reforço dessas afinidades.
"Desejamos que continuem, no futuro próximo, essas relações, aumentando as exigências mútuas para consolidar a nossa democracia, do Estado de direito democrático, do reforço das instituições e de um forte compromisso com a liberdade, que são pilares fundamentais de qualquer processo de desenvolvimento", ânsia o autarca.
Já, José Manuel Pinto Teixeira resumiu a parceria entre a UE e Cabo Verde, ao longo dos 40 anos, destacando o financiamento de projectos em vários sectores, como água e saneamento, energia, tratamento dos resíduos sólidos, infra-estruturas sanitárias, apoio social e cultural.
Para além disso, José Manuel Pinto Teixeira deu enfâse à importância do poder local e dos municípios no desenvolvimento e anunciou que a UE vai cooperar com a Associação Nacional dos Municípios de Cabo-Verde (ANMC), com um projecto para capacitar os municípios em questões como ordenamento do território, ambiente, qualidade das construções e enquadramento paisagístico.
As Chaves da Cidade da Praia, a mais alta distinção da capital cabo-verdiana, já foram entregues à várias personalidades. Entre elas, o Presidente português, Aníbal Cavaco Silva, em 2010, (quando visitou o país), o Grão-Duque Henrique do Luxemburgo, o Primeiro-Ministro do Luxemburgo, Xavier Bettel, e o Presidente do Senegal, Macky Sall.
Em Abril, último, foram atribuídas também ao Atlantic Music Expo (AME) e ao Kriol Jazz Festival (KJF), como forma de perpetuar e fazer com que os dois eventos musicais não fiquem dependentes dos calendários políticos.
#http://asemana.sapo.cv/

Violência sexual do Boko Haram

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...



Entre as 900 mulheres e adolescentes resgatadas na última semana pelo Exército nigeriano ao grupo extremista islâmico Boko Haram  214 estão grávidas, disse o director executivo do Fundo das Nações Unidas para a População, Babatunde Osotimehin.

O dado confirma a fragilidade da situação a que estiveram expostas as mulheres e adolescentes raptadas pelo Boko Haram, muitas das quais viram maridos e filhos mais velhos serem executados no momento do rapto. 

Asabe Aliyu, 23 anos, contou ao jornal nigeriano “Daily Times” os abusos a que foi submetida durante os seis meses de cativeiro. “Tornaram-me num objecto sexual, faziam turnos para se deitarem comigo e agora estou grávida sem saber quem é o pai”, disse.


Muitas das mulheres que se encontravam em cativeiro na floresta de Sambisa morreram pouco antes da libertação apedrejadas pelos raptores, no fogo cruzado entre os rebeldes e soldados nigerianos, atropeladas por carros de combate ou atingidas pelo rebentamento de minas.
Os primeiros testemunhos recolhidos por jornalistas no campo de deslocados de Yola, para onde 275 das libertadas foram transferidas no domingo, confirmam anteriores relatos de abusos atribuídos ao grupo extremista Boko Haram.


Quando os militares se aproximaram, os elementos do Boko Haram que nos guardavam apedrejaram-nos para nos obrigar a ir com eles para outro esconderijo, mas recusámos porque tínhamos a certeza que os soldados nos salvavam”, declarou à Reuters Asabe Umaru, 24 anos. A mesma agência de notícias refere que muitas sucumbiram aos apedrejamentos, mas que “para outras o destino foi menos cruel”.


“Quando os militares assaltaram o campo onde estávamos, os nossos raptores disseram-nos para nos refugiarmos debaixo das árvores e arbustos para escaparmos aos bombardeamentos”, disse à France Press  Binta Abdullahi, 18 anos, que revelou que muitas das que acataram a sugestão “foram atropeladas por carros que avançaram sem saber que elas lá estavam.”
“Os soldados fizeram subir para os carros as mais fracas ou doentes e pediram às outras para caminharem atrás, para evitarem as minas postas pelo Boko Haram”, referiu a jovem.
Pelo menos três mulheres e alguns soldados, lamentou, morreram na explosão de uma mina pisada por uma delas.


“Pediram-nos para casarmos com membros do Boko Haram, dissemos-lhes que já éramos casadas e eles responderam que então nos vendiam como escravas”, contou a mesma jovem.
Lami Musa disse ter escapado ao casamento forçado por estar grávida de quatro meses. 
Os islamistas informaram-na que casava depois de dar à luz, o que acabou por não acontecer por ter sido salva um dia depois do parto.
A Amnistia Internacional realça num relatório divulgado recentemente que mais de duas mil mulheres e adolescentes nigerianas foram sequestradas desde o início do ano passado. 
O Boko Haram é acusado de, desde que começou a insurreição em 2009, ter causado mais de 15 mil mortes. 


#http://jornaldeangola.sapo.ao/

RUSSIA / CUBA: Raúl disse a Medvedev - “Eu não podia faltar a esta comemoração”

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

As delegações cubana e russa se reuniram também para tratar assuntos de interesse bilateral.
raul

MOSCOU.─ O general-de-exército Raúl Castro Ruz se reuniu em 6 de maio, com o presidente do governo russo, Dimitri Medvedev, a quem agradeceu o convite enviado para participar dos festejos com motivo do 70º aniversário da vitória sobre o fascismo, que terão lugar no próximo sábado nesta capital.
O presidente cubano precisou que não podia faltar à comemoração por causa da grande amizade que sempre uniu Rússia e Cuba, “amizade que ainda se conserva, pois existe uma admiração mútua entre nossos povos”. Depois, Raúl lembrou que no ano 1945, quando do triunfo da Grande Guerra Pátria, ele tinha 14 anos e escutava as notícias sobre o confronto, que mudou os destinos da humanidade.
O presidente do governo russo disse que se sentia muito grato pela presença aqui de amigos fiéis como Raúl e lembrou suas visitas a Cuba e as entrevistas que teve com ele e com o comandante-em-chefe Fidel Castro Ruz. Considerou que este dia 9 de maio era um dia especial para seu país, pois “se completam 70 anos de nossa vitória, em nossa terra”. É uma jornada de festa, expressou, “mas também podemos conversar sobre os assuntos que nos interessam mutuamente”.
Medvedev contou ao presidente cubano que no desfile que terá lugar no sábado, na Praça Vermelha, “haverá muitas coisas interessantes, aviões, helicópteros, carros blindados, alguns que se mostram pela primeira vez e que o senhor gostará de conhecer”.
Depois destas declarações ante a imprensa, Raúl e Medvedev tiveram uma reunião privada e depois com a participação de suas respectivas delegações.
De acordo com uma nota do governo da Rússia entregue aos jornalistas, na reunião foi examinado o intercâmbio comercial entre os dois países, bem como as perspectivas dos projetos conjuntos em setores como a energia, o transporte, a saúde, a biotecnologia e a industria farmacêutica.
#granma.cu

As capitais de Gana e Cabo Verde ganharam prêmios.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...



Gana e Cabo Verde com capitais Accra e Praia respectivamente, são os vencedores dos prêmios de solteira cidade africana, uma declaração dos organizadores.

As Cidades Unidas e Governos Locais-África (CGLU-A) disse que Accra e Praia surgiram como vencedores do primeiro "Maior  Prêmio Africano" em cerimônia realizada em Luanda, Angola.

Em um comunicado nesta terça-feira, os organizadores explicaram que a capital do Gana venceu na categoria grande cidade.

Os prêmios são de reconhecimento por liderança e contribuição feita pelos prefeitos de cidades pequenas, grandes, e médias e comemoram conquistas em excelência e desenvolvimento urbano na África, disseram os organizadores.

Os líderes de negócios

As cidades vencedoras receberam prêmios em dinheiro, totalizando 350.000 dólares, que serão desembolsados ​​para iniciativas específicas.

Praia foi coroada como vencedor da categoria pequena cidade e recebeu US $ 50.000, enquanto Kinondoni na Tanzânia (vencedora na categoria cidade de médio porte), recebeu US $ 100.000.

Accra recebeu US $ 200.000.

A cerimônia formal de apresentação atraiu mais de 350 convidados, compreendendo funcionários do governo, investidores e líderes empresariais.

#africareview.com

Total de visualizações de página