Postagem em destaque

CONCESSÃO DO PRÊMIO HOUPHOUET BOIGNY PELA BUSCA DA PAZ EM RCI: Os marfinenses poderão finalmente se olhar no espelho?

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Realiza-se esta quarta-feira, 8 de fevereiro de 2023, em Yamoussoukr...

quarta-feira, 16 de novembro de 2022

Tribunal de Justiça da CEDEAO: Yayi confirma a retirada de sua queixa contra Benin.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...
Benin não está mais sendo processado pelo ex-presidente da República Yayi Boni como parte de sua prisão domiciliar por 52 dias. O presidente honorário do partido "Democratas" retirou sua reclamação. Ele entregou a informação em sua página do Facebook nesta quarta-feira, 13 de julho de 2022. O ato, disse, visa “contribuir para o processo de paz que leve à libertação de todos os presos políticos, ao retorno de todos os exilados e à organização de um diálogo político sobre o futuro da nossa pátria comum de acordo com a vontade do nosso povo". Leia sua mensagem completa. Meus queridos compatriotas, Após a reunião de 22 de setembro de 2021 entre o presidente Talon e eu, decidi retirar minhas reclamações sobre minha prisão domiciliar por 52 dias para contribuir com o processo de paz que leva à libertação de todos os presos políticos, ao retorno de todos os exilados e a organização de um diálogo político inclusivo sobre o futuro da nossa pátria comum de acordo com a vontade do nosso povo. Repito que esta denúncia diz respeito apenas à minha prisão domiciliar e de minha família sem qualquer decisão judicial. Essa retirada ocorreu alguns meses após esse primeiro encontro. O tempo de Deus é sempre o melhor para os nossos desejos. A paz é um dom de Deus (Romanos 1:7, João 14:7). A paz é um dos pilares do fruto do Espírito Santo (Gálatas 5:22). Vamos todos incorporar os valores de Deus. Deus o abençoe! Glorifiquemo-lo pela sua inesgotável bondade e pela sua infinita misericórdia. fonte: seneweb.com

[Foco] Apreensão recordes, consumo crescente: a África Ocidental, uma nova encruzilhada para o tráfico internacional de drogas?

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...
Há muito considerada uma mera zona de trânsito, a África Ocidental e Central também se tornou uma região de alto consumo de drogas, de acordo com um relatório do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) publicado em junho. O UNODC especifica que “entre 2019 e 2022 (...) 3,9 toneladas), Côte d'Ivoire (3,5 toneladas), Gâmbia (3 toneladas) e Guiné-Bissau (2,7 toneladas). Recentemente, trezentos quilos de cocaína, no valor de cerca de 24 mil milhões de francos CFA, foram apreendidos no Senegal num camião frigorífico proveniente do vizinho Mali, anunciou a direcção-geral das Alfândegas. "Esta é a maior apreensão de cocaína por terra já feita pela alfândega senegalesa", disse ela em um comunicado divulgado na noite de domingo. Durante vários anos, a África Ocidental tornou-se uma zona de trânsito para drogas produzidas na América Latina e destinadas à Europa. A apreensão ocorreu no sábado em Kidira, localidade na fronteira com o Mali. "Os produtos proibidos estavam num esconderijo equipado com um camião frigorífico registado no Mali e com destino a Dakar", especifica o comunicado de imprensa. Os dois motoristas do caminhão foram presos após a apreensão da mercadoria. seneweb.com

França, um país racista? Para Fary, "não podemos relacionar um país com sua história".

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...
“Estamos em um país de racistas, temos que aceitar isso juntos”. Essas palavras, lançadas pelo comediante Fary em 2014 no palco do Jamel Comedy Club, haviam participado do lançamento de sua carreira e do destaque de sua caneta acerba e desinibida, ainda que chocante. Oito anos depois, Fary abandona os assuntos sociais para falar de amor e revelar uma parte de sua personalidade que preferiu manter em segredo até agora. Ele, no entanto, lança um olhar crítico sobre nossa maneira de entender o racismo. Em plena promoção de seu próximo show (Love me if you can) com o parisiense, o comediante foi de fato questionado sobre essa famosa frase e sobre sua capacidade de pronunciá-la novamente. “Sim, claro”, respondeu ele. “Cuidado, um país racista, isso não significa que no momento T, a maioria das pessoas que encontraremos seja racista, nuance porém Fary. Devemos diferenciar entre as pessoas que pensam conscientemente “que devem voltar para a África” e aquelas que têm reflexos, padrões de pensamento que o são. » seneweb.com

Turim: traído por uma câmera de vigilância e seu DNA, um senegalês é preso por estupro.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...
Turim, na Itália, foi abalada nos últimos dias por um caso de estupro que supostamente ocorreu no campus da universidade Paolo Borsellino. Trata-se de uma estudante de 23 anos, que acusa uma senegalesa de 17 anos de tê-la agredido sexualmente em seu quarto. Les Echos, que assumiu as reportagens da imprensa de Turim e do relatório policial, informa que os fatos ocorreram na noite de 29 para 30 de outubro. O jovem senegalês, que mora com a família em Turim, teria entrado no campus. Ele teria andado pelos quartos, batendo nas portas todas as vezes. A sua suposta vítima abriu-lhe a porta, acreditando, com base no seu testemunho, que se tratava de um camarada. Foi nessas circunstâncias que ela teria sido estuprada. "Depois do seu pacote, o senegalês fugiu", sublinham os investigadores. Estes últimos acrescentam que, antes de se despedir, o suspeito teria ameaçado sua suposta vítima. “Se me denuncias, volto para matar”, teria-lhe lançado. A estudante de 23 anos será examinada duas vezes. Primeiro no centro antiviolência do hospital Sant'Anna e depois pelos médicos do hospital Molinette. Os investigadores coletaram seu testemunho, bem como o DNA de seu carrasco. A polícia de Turim encontrará o senegalês a poucos quilômetros do campus. “Ele estava usando as mesmas roupas da pessoa mostrada pelas câmeras de vigilância naquela noite. É calça escura, moletom e tênis”, descrevem os investigadores, que relatam que seu DNA é compatível com o da vítima. O suspeito, que teria se envolvido em um caso de roubo no passado, foi levado ao primeiro centro de acolhimento em Turim. Ele negou os fatos. O caso está nas mãos do Ministério Público Juvenil. seneweb.com

SENEGAL: Eficácia da redução em todo o país: As garantias do Secretário-Geral do Ministério do Comércio.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...
O secretário-geral do Ministério do Comércio, Consumo e Pequenas e Médias Empresas garante que até esta sexta-feira todos os conselhos regionais de consumidores serão obrigados a fixar o diferencial de transporte. Com efeito, a eficácia da redução de receitas é aguardada com expectativa nas restantes zonas do país. As populações das localidades fora de Dakar estão ficando impacientes. "Os preços que estão fixados não saíram ex-nilho, foi depois de longas consultas que nos deparamos com os seus preços. São preços para os quais o Estado cedeu algumas taxas e direitos aduaneiros. Tem havido subsídios, sobretudo ao arroz. É de Dacar que saem os produtos que vão para as regiões, inevitavelmente, os preços devem primeiro ser fixados a nível de Dacar. Depois serão realizados conselhos regionais de consumidores a nível de cada região. As instruções foram dadas aos governadores regionais desde segunda-feira a realizar estes conselhos regionais. Fatick, Matam, Kaolack já confirmaram a realização dos seus conselhos. Mas até esta sexta-feira estarão todos os conselhos regionais de consumo", garante Samba Ndao, secretário-geral do Ministério do Comércio, Consumo e Pequenas e Médias Empresas Empreendimentos. Além disso, mesmo que a implementação dessa redução seja um problema, com os comerciantes de refratários, ele garante que eles explicarão aos comerciantes como está indo. “Têm de fazer um esforço ao seu nível para que as populações sintam esta crise que é menos global”, explica Samba Ndao, que representou o ministro Abdou Karim Fofana, na inauguração do mercado Carrefour em Saly. Com uma inflação global exorbitante, as autoridades senegalesas saúdam a iniciativa do CFAO de instalar sua filial na cidade litorânea. Samba Ndao acredita que esta empresa vai participar na luta contra o custo de vida elevado. Construído em 1500m², o Carrefour de Saly contribui para a geração de empregos porque gera 300 funcionários, participa do desenvolvimento de negócios locais, porque muitos produtos serão Made in Senegal. O mercado Carrefour em Saly trabalha com mais de 200 produtores locais. seneweb.com

CIMEIRA DO G20: O que a África pode esperar?

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...
A cúpula das 20 economias mais desenvolvidas do mundo, conhecida como G20, foi aberta no dia 15 de novembro em Bali, na Indonésia. A África é representada por três países. Em primeiro lugar, é naturalmente a África do Sul que conseguiu a façanha de fazer parte deste clube dos grandes. Em segundo lugar, temos o Senegal, cujo presidente fala em nome da União Africana (UA), da qual também ocupa a atual presidência. E, finalmente, o Ruanda, que também participa neste encontro na qualidade de país que detém a presidência da Nova Parceria para o Desenvolvimento de África, cujo acrónimo em inglês é NEPAD. A presença da África em Bali é tanto mais importante quanto a cúpula do G20 abre este ano em um contexto global e geopolítico tenso, caracterizado pela guerra na Ucrânia, cujas consequências, como um terremoto planetário, atingiram muitas partes do mundo. Como prova, o continente negro atravessa uma crise alimentar sem precedentes, provocando uma subida exponencial dos preços dos alimentos. Tantas são as economias dos países africanos que sofreram um sério golpe no contexto de uma recessão severa. Em Bali, os dirigentes dos três países que representam África querem fazer ouvir a voz do continente e esperam, em troca, uma melhoria da situação. Eles vão ganhar? Não tenho tanta certeza, especialmente porque os protagonistas do conflito ucraniano não estão presentes no G20. O continente africano gostaria de prescindir da crise alimentar que vive atualmente. Ciente de que, embora não oficialmente no programa, farão parte do debate "operações especiais" lideradas pelas forças russas na Ucrânia, o presidente Vladimir Putin preferiu cancelar a viagem a Bali. Mas isso não deve mudar muito, já que os outros líderes presentes em solo indonésio continuam determinados a emitir uma declaração conjunta condenando a invasão russa da Ucrânia. De qualquer forma, o continente africano, que tenta de alguma forma se recuperar dos horrores da pandemia de Covid-19, gostaria de prescindir da crise alimentar que vive atualmente. Ele aplaudiria muito se conseguisse a prorrogação do acordo sobre exportação de grãos, negociado em julho passado e que vence, a princípio, no dia 18 de novembro, em poucas horas. Haverá a solidariedade esperada pela África? Podemos duvidar. Tanto mais que o G20, visivelmente preocupado com uma guerra de hegemonia, não se dignou a incluir na sua agenda a crise de segurança vivida por alguns países africanos, em particular os do Sahel, cuja existência está ameaçada. https://lepays.bf/

Adesão da UA ao G20: Um marco importante alcançado.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...
O Presidente Macky Sall, na qualidade de actual Presidente da União Africana, apoiou formalmente e defendeu a candidatura da União a membro do G20, tendo em conta o peso demográfico (1,4 mil milhões de habitantes e o PIB acumulado de África (2700 biliões de dólares americanos ) Vários membros do Grupo apoiaram a candidatura africana que deverá ser analisada na próxima cimeira do G20 na Índia. Entretanto, os membros do grupo vão acordar os procedimentos e modalidades de adesão à União Africana. De fato, deve ser lembrado que o G20, como o G7, é uma estrutura informal para intercâmbios sem regulamentos internos escritos que definam as condições e procedimentos para ingressar em um novo membro. Suas decisões são adotadas por consenso. seneweb.com

Total de visualizações de página