Postagem em destaque

PRESIDENCIAL NO SENEGAL: Macky Sall tranquiliza mas não convence.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Tal como prometido durante o diálogo nacional realizado nos dias 26 ...

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Cuba: O mérito veste de branco.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

O reconhecimento aos que com humildade e entrega desinteressada exercem cada dia a tarefa nobre de sarar, e “lutam pela vida do nosso povo e de outros países irmãos” esteve presente neste 3 de dezembro, Dia da Medicina Latino-americana.

O mérito veste de branco

E foi precisamente o Instituto Nacional de Oncologia e Radiobiologia (INOR), centro de referência nacional para o diagnóstico e tratamento do câncer — primeira causa de morte hoje no país e um dos desafios que enfrenta o sistema de saúde pública — a sede selecionada para a celebração do ato nacional por ocasião da data, pelos excelentes resultados de trabalho conseguidos neste ano.
“É um dia de reafirmação e estímulo, mas também de compromisso com as novas tarefas derivadas do processo de implementação das diretrizes da Política Econômica e Social do Partido e a Revolução”, foi a mensagem de felicitação do ministro da Saúde Pública a todos os trabalhadores do setor, lida pelo diretor do INOR, dr. Luis Curbelo Alfonso.

#granma.cu



Senegal: Relações Senegal x Guiné-Conacry - Abdou Diouf pede a Condé para refletir.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


Abdou Diouf ex-presidente do Senegal e Secretário Geral cessante da OIF.

Se Alpha Conde não colocou água no seu vinho na sua relação com o presidente Macky Sall, foi graças à intervenção do ex-Secretário-Geral da Francofonia, Abdou Diouf. "The Observer" informa que, durante o conclave de chefes de Estado no domingo para escolher o novo secretário-geral da OIF, Abdou Diouf, em um tom firme, comentou com Condé, com quem tem boas relações. Ele perguntou-lhe a razão de seu comportamento em relação a Macky Sall, deixando-o saber que ele não tinha nenhuma razão para adotar essa atitude - "fria" vis-à-vis com Macky Sall, "um homem sem nenhum problema."

As declarações de Diouf tocou o Presidente guineense, bombardeado por um bloco de seus colaboradores que não queria nem participar na Cimeira da Francofonia em Dakar, com a exceção de seu dois ministros, incluindo o de Relações Exteriores. Sensível a cerca do que Diouf lhe falou, Condé nem sequer esperou o fim dos trabalhos para chamar a imprensa em seu hotel para tentar salvar as relações. Macky Sall por sua vez, cumpriu a sua missão, convidando-o para almoçar.

#seneweb.com


Coligação internacional discute hoje em Bruxelas combate ao Estado Islâmico.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Rui Machete, o ministro dos Negócios Estrangeiros português, também estará presente na reunião
Rui Machete, o ministro dos Negócios Estrangeiros português, também estará presente na reunião.Fotografia © Mário Cruz/Lusa

Reunião vai contar com mais de cinco dezenas de delegações, incluindo da NATO e da União Europeia. Realiza-se a pedido do secretário de Estado dos EUA.
Os ministros dos Negócios Estrangeiros da Coligação Internacional de Combate ao autoproclamado Estado Islâmico, entre os quais Rui Machete, reúnem-se hoje, em Bruxelas, para discutir o combate àquela organização terrorista.
A reunião, a primeira do género entre os membros da coligação, e realizada por solicitação do secretário de Estado norte-americano, John Kerry, realiza-se na sede da NATO, mas por questões logísticas - na véspera teve lugar uma reunião dos chefes de diplomacia da Aliança Atlântica -, já que a coligação é liderada pelos Estados Unidos.
No encontro, que contará com a participação de mais de cinco dezenas de delegações, incluindo da própria NATO e também da União Europeia, serão abordados os progressos alcançados contra o autoproclamado ISIS, nos vários eixos da ação da coligação internacional, e far-se-á também a coordenação dos passos a serem tomados contra esta organização terrorista, segundo o Ministério dos Negócios Estrangeiros.
#globo.com






ONU condena assassinato de 36 trabalhadores no Quênia por grupo terrorista.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


Em comunicado emitido por seu porta-voz, Ban Ki-moon qualifica o ataque contra civis como "horrendo" e apresenta condolências às famílias, ao povo e às autoridades do Quênia.


O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, condenou nessa terça-feira (2) o assassinato de 36 trabalhadores de uma pedreira no Quênia pelo grupo terrorista Al Shabad e exigiu que os autores sejam levados à Justiça.

O grupo terrorista somali Al Shabab fez mais um ataque, ao executar com tiros na cabeça 36 trabalhadores de uma pedreira, no Noroeste do país, por não serem muçulmanos. O ataque ocorreu em Koromei, a poucos quilômetros de Mandera, onde há dez dias o mesmo grupo terrorista assassinou 28 pessoas de forma semelhante.

Em comunicado emitido por seu porta-voz, Ban Ki-moon qualifica o ataque contra civis como “horrendo” e apresenta condolências às famílias, ao povo e às autoridades do Quênia. Ban garantiu o apoio das Nações Unidas aos esforços do país africano contra o terrorismo e de proteção da população.

Os Estados Unidos também condenaram "energicamente" os atentados ocorridos na madrugada de segunda-feira (1º) no Quênia e reiteraram apoio ao governo de Nairóbi. Em comunicado, a porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, Bernadette Meehan, condenou o ataque "contra civis inocentes".

#correiobraziliense.com

Total de visualizações de página