Postagem em destaque

A tensão está aumentando perigosamente entre a RDC e Ruanda.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... O governo da República Democrática do Congo (RDC) declarou que o tir...

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Kenia vence com revisão na anti-lavagem de dinheiro.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


Nairobi: Kenya - revisão apurada na anti-lavagem de dinheiro. Foto: Siegfried Modola/IRIN

Quênia foi retirado da lista de países com alto risco de lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo, disse o governo na terça-feira. 

Em 2010, the Financial Action Task Force (FATF) ou seja, o Grupo de Acção Financeira Internacional (GAFI), o serviço de vigilância global, colocou o Quênia na " lista cinza" de países de alto risco por não combater a lavagem de dinheiro, o tráfico de drogas, a corrupção e o terrorismo. 

Após uma visita ao Quénia, em Maio e uma revisão na reunião da FATF, em Paris, em junho, o Quênia revelou tudo claro. Esta é uma notícia bem-vinda para o plano do governo que planeja chegar a um acordo com a cidade de Londres para que Nairobi construa um importante centro financeiro internacional. 

"Na Base do relatório da visita ao local, o GAFI concluiu que Quênia tem estabelecido o legal e um regular enquadramento para abordar as deficiências estratégicas que o GAFI teve que identificar", Henry Rotich, o secretário de gabinete do Tesouro, disse em um comunicado ao jornal. 

"Esta é uma conquista que todos devem abraçar ... Por isso, quero aproveitar esta oportunidade para agradecer a todos aqueles que estiveram envolvidos neste processo por seus esforços incansáveis ​​para conseguir alcançar este marco."

Como resultado, o Quênia não demorará muito a ter atualizações públicas sobre os progressos realizados na implementação de anti-lavagem de dinheiro.

GAFI foi criado em 1989 para estabelecer padrões internacionais de combate à lavagem de dinheiro e combate do financiamento ao terrorismo. 

Durante a revisão, o GAFI concluiu que o Quênia tem assegurado uma unidade de inteligência financeira eficaz, introduzindo as leis para idetificar e congelar bens de terroristas, estabelecido os procedimentos para confiscar fundos ligados à lavagem de dinheiro e as sanções impostas contra as pessoas que não estejam em conformidade com os requisitos anti-lavagem de dinheiro.

Dados calculados por Thomson Reuters Foundation e pela Global Financial Integrity (GFI), um cão de guarda financeiro, com sede em Washington, mostrou a quantidade de dinheiro ilícito que entrou no Quênia com faturamento simulado nas transações de comércio, crime, corrupção e atividades de negócios obscuros que aumentou em mais de cinco vezes na última década, para igualar cerca de 8 por cento da economia do Quênia.

# allafrica.com

Vladimir Putin assina anulação de 90% da dívida cubana com URSS.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...


O resto da dívida, 3,5 bilhões de dólares, deverá ser reembolsado ao longo dos 10 próximos anos, com pagamentos a cada seis meses.

O acordo prevê o cancelamento de 31,7 bilhões de dólares de dívida

O presidente russo, Vladimir Putin, de visita oficial nesta sexta-feira (11/7) em Cuba, promulgou antes de viajar o acordo que anula 90% da dívida da ilha com a extinta União Soviética, anunciou o Kremlin.

O acordo, concluído por Moscou e Havana em 2013 e aprovado na semana passada pela câmara baixa do Parlamento russo, foi assinado na quinta-feira pelo chefe de Estado russo, ficando definitivamente ratificado e entrando em vigor, informou o Kremlin em um comunicado.

O acordo prevê o cancelamento de 31,7 bilhões de dólares de dívida cubana, 90% do total que a ilha comunista acumulava com a União Soviética, seu grande sócio econômico e apoio diplomático nos anos da Guerra Fria. O resto da dívida, 3,5 bilhões de dólares, deverá ser reembolsado ao longo dos 10 próximos anos, com pagamentos a cada seis meses.

O dinheiro será reinvestido em Cuba, que em junho colocou em vigor uma nova Lei de Investimento Estrangeiro com a esperança de atrair capitais para potencializar sua economia, que não decola, apesar das reformas do governo de Raúl Castro.

Putin se reunirá nesta sexta-feira em Havana com Raúl e Fidel Castro, e falará das relações comerciais. Acredita-se que assinará contratos no âmbito da energia.

Segundo o Kremlin, os grupos petrolíferos russos Rosneft e Zaroubezhneft entrarão naexploração e extração de hidrocarbonetos com a empresa pública cubana Cupet. Também se espera que o grupo russo de energia elétrica Inter RAO participe da modernização de duas centrais térmicas.

Rússia e Cuba querem construir juntos um importante centro de transportes perto de Havana, que inclui um aeroporto em San Antonio de los Baños, 30 km a oeste da capital cubana.

No âmbito da aviação civil, Moscou espera fechar a venda de aeronaves de longo percurso Iliushin 96-300, aviões Antonov 148 e helicópteros Mi-171. Cuba e Rússia estreitam os laços desde 2005 após um distanciamento com a desintegração da União Soviética, em 1991.

# correiobraziliense.com.br

Presidente russo homenageia soldados soviéticos mortos em Cuba.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Putin vai se reunir nesta sexta à tarde com Raúl Castro e assinará vários acordos no Palácio da Revolução


Vladimir Putin participa de cerimônia e coloca flores no monumento do soldado soviético em Havana

Havana - O presidente russo, Vladimir Putin, acompanhado pelo cubano Raúl Castro, prestou homenagemnesta sexta-feira (11/7) aos soldados soviéticos mortos na ilha nos anos 60 e 70, no primeiro compromisso oficial de sua visita a Havana, informou a televisão local.

Putin e Castro depositaram flores no Mausoléu ao Soldado Internacionalista Soviético, em um pequeno cemitério onde estão sepultados 67 militares que faleceram por doenças ou acidentes enquanto serviam na ilha durante a Guerra Fria. O cemitério está localizado ao lado da antiga base de escutas eletrônicas de Lourdes, um dos principais centros de espionagem soviética no exterior, fechado há mais de uma década e que deu lugar a uma universidade.

Putin, que cumpre nesta sexta em Cuba a primeira escala de um giro pela América Latina que o levará a Argentina e Brasil, vai se reunir à tarde com Raúl Castro e assinará vários acordos no Palácio da Revolução, segundo o programa divulgado pela chancelaria cubana. Também terá um encontro com o líder cubano Fidel Castro, de 87 anos, de acordo com o Kremlin.

Cuba e Rússia têm estreitado suas relações depois de anos de um distanciamento causado pelo fim da União Soviética, em 1991. Moscou foi durante três décadas o principal parceiro econômico e aliado político da ilha. Putin concluirá sua visita a Havana nesta sexta-feira à noite.
# correiobraziliense.com


Senegal: Serigne Mbacké Ndiaye - "Wade pediu aos militantes para votar em Khalifa Sall".

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...




Serigne Mbacké Ndiaye argumenta que o ex-presidente, Abdoulaye Wade, fez de tudo para que Mimi Touré perdesse eleições locais. "Sr. Wade pediu muitos a seus militantes para votar na lista de Khalifa Sall. Isto é normal. Porque nós elegemos um prefeito que apresenta resultados. E a partir deste ponto de vista, todos nós percebemos que Khalifa Sall teve resultados. Então, na política, fazemos sempre determinar a contradição principal e eliminar para mover a contradições secundárias. 

No entanto, neste caso, a contradição principal foi da Mimi Touré. Eu estava convencido de que a derrota da Mimi Touré em Grand-Yoff traria resultado do colapso do governo e a nomeação de um novo primeiro-ministro menos ruim que ela, "ele disse em uma entrevista com Observadores. 

De acordo com ele, eles faziam uma leitura muito lúcida de ajuda, mesmo que isso não fosse decisivo na votação porque, qualquer um pode dizer que, Khalifa Sall foi usado por Dakarois. "E vocês viram a lista, ele apresentou-se uma lista de Dakarois. Ir para Grand-Yoff, tem que ter líderes na lista PDS de Khalifa Sall, eu tomo o exemplo do ex-ministro Babacar Ndao que é membro do Comité de Direcção. 

Portanto, é normal que o presidente Wade apoie Khalifa Sall como fez com outros candidatos que não estão no PDS como em Podor ou Ziguinchor. Sr. Wade argumentou sobre os condidatos melhor posicionados. E em Dakar, a lista de Khalifa Sall  foi do melhor posicionado ", explicou ele.

# seneweb.com


Brasil: Neymar admite fracasso da seleção mas diz que será injustiça se jogadores ficarem marcados.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Neymar na entrevista coletiva na Granja Comary, em seu retorno à seleção para ficar com os companheiros até o jogo contra a Holanda, em Brasília Foto: Ivo Gonzalez / Agência O Globo

Tenho orgulho de falar que fiz parte dessa equipe que perdeu de 7 a 1. Admiro meus companheiros’, destaca

POR 

- A gente começou junto e a gente vai terminar junto. Estamos fechados, unidos - disse, explicando por que está de volta, mesmo sem condições de entrar em campo. - E vamos terminar honestamente, honrando a camisa que a gente ama - acrescentou o jogador, para quem o Brasil tem que vencer a Holanda e terminar a Copa sorrindo.

A 1ª cimeira da CEDEAO do novo presidente guineense.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

José Mário Vaz, o novo presidente da Guiné-Bissau aquando da sua tomada de posse a 23 de Junho de 2014.
Presidente José Mário Vaz

A cimeira da CEDEAO decorreu esta quinta-feira em Accra, capital ganesa, com a presença de 15 chefes-de-Estado da África Ocidental, entre os quais o estreante José Mário Vaz, e saldou-se, entre outros, pela adopção de um Fundo de Solidariedade de Emergência para a Guiné-Bissau.

Os Presidentes dos países da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) reuniram esta quinta-feira em Accra com uma agenda centrada na transição política concluída recentemente na Guiné-Bissau e no processo transitório que ainda decorre no Mali.
A cimeira foi antecedida pelo Conselho de Ministros da CEDEAO cujas deliberações e agenda são esclarecidos pelo Ministro guineense dos Negócios Estrangeiros Mário Lopes da Rosa, nomeadamente a questão da disponibilização de fundos para a Guiné-Bissau, a muito curto prazo, pela comunidade internacional.

# rfi.fr



Total de visualizações de página