Postagem em destaque

CONCESSÃO DO PRÊMIO HOUPHOUET BOIGNY PELA BUSCA DA PAZ EM RCI: Os marfinenses poderão finalmente se olhar no espelho?

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!... Realiza-se esta quarta-feira, 8 de fevereiro de 2023, em Yamoussoukr...

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Crise de Ebola: Libéria quer processar o homem hospitalizado no hospital dos EUA.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...



Libéria foi mais afetada pelo surto, com 1.998 mortes registradas são os últimos dados da ONU. FOTO | BBC

As autoridades liberianas dizem que vão processar o homem diagnosticado com Ebola que está nos EUA, acusando-o de mentir sobre seu contato com um parente infectado. 

Quando ele deixou o país no mês passado, a nação liberiano, Thomas Eric Duncan preencheu um questionário dizendo que nenhum de seus parentes estavam doentes. 

Mas o vice-ministro da Saúde da Libéria disse que ele tinha levado um parente doente para uma clínica em um carrinho de mão. 

Sr. Duncan está em estado grave em um hospital em Dallas. 

Ele é o primeiro caso de Ebola a ser diagnosticado em solo americano, onde cerca de 100 pessoas estão sendo verificadas por exposição ao Ebola. 

Mais de 3.330 pessoas já morreram do surto de Ebola em quatro países da África Ocidental. 

' Rápida Recuperação' 

Jonathan Paye-Layleh o correspondente da BBC na capital da Libéria, Monróvia, disse que o anúncio de acusação foi feita na conferência de atualização de notícias semanais de Ebola, que é acompanhado por inúmeros funcionários do governo e foi dominado pelo caso do Sr. Duncan. 

"Desejamos-lhe uma rápida recuperação; aguardamos sua chegada na Libéria" para enfrentar um processo, disse Binyah Kesselly, o presidente do conselho de administração da Autoridade Aeroportuária da Liberia. 

Vice-ministro da Informação, Isaac Jackson confirmou que o Sr. Duncan seria processado por ele ter "mentido sob o juramento sobre o seu status com Ebola". 

Antes da entrevista, o senhor Kesselly disse que Sr. Duncan tinha respondido "não" a todas as perguntas do formulário do Ebola, que inclui um sobre se o viajante tem parentes doentes com Ebola. 

O vice-ministro da Saúde Tolbert Nyenswah explicou na entrevista coletiva que estava investigando os movimentos do Sr. Duncan antes de deixar a Libéria em 19 de setembro. 

Ele disse que Duncan trabalha como motorista na Libéria para Guardar- Carga para envio, numa subsidiária do serviço de correio internacional FedEx, e vive no subúrbio Paynesville 72, Comunidade de Monrovia. 

Eric Vaye, um vizinho do Sr. Duncan, também participou para ajudar no acompanhamento dos contactos, e disse que nove pessoas haviam morrido de Ebola no distrito nas últimas semanas. 

Sr. Duncan é acusado de ter empurrado o carrinho de mão quando conduzia um parente doente para uma clínica. 

Nosso repórter diz que isso é proibido e as pessoas são obrigadas a ligar para um número de emergência para garantir que os pacientes sejam recolhidos por trabalhadores da saúde de modo que mais contato com pessoas doentes seja evitado. 

Sr. Nyenswah disse que era "menos provável" que o Sr. Duncan tivesse contraído a doença quando de sua passagem por Libéria, porque ele não estava mostrando sinais antes de sair. 

Segundo os últimos dados da ONU, houve 7.178 casos de Ebola confirmados, com a Serra Leoa, Libéria e Guiné sofrendo mais. 


Liderança da organização de caridade Salvem as Crianças "Save the Children" alertou que Ebola está se espalhando a uma "taxa terrível", com o número de novos casos registrados dobrando a cada poucas semanas.

# africareview.com

Cabo Verde vai avaliar viagens para os EUA por causa da situação do ébola anunciada nesse país e decidir que posição adoptar.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...



Minha gente, caiu como uma bomba! Essa notícia em parte seria de aplaudir o governo caboverdiano se se tratasse de um país qualquer; portanto, menos viável que próprio Cabo Verde. Mas tratando-se dos Estados Unidos? A primeira potência mundial? País esse que tomou de frente ações diretas para ajudar a combater o vírus com tendências a se espalhar pelo mundo? País que salvou todos os pacientes de origem americana que contraíram essa doença nos países africanos e que hoje estão livre da doença? Seria realmente uma atitude estratégica do Governo, estancar viagens de cidadãos caboverdianos aos Estados Unidos porque esse país estaria entre áspas " assolado por vírus Ébola " ?  Sou admirador confesso dos passos largos rumo ao desenvolvimento que o Governo caboverdiano e seu povo deram nos últimos anos em relação a qualquer outro país africano, mas eu acho que uma atitude dessa devia ser analisada friamente antes de ser anunciada - minha opinião. 

Veja o vídeo: Vídeo


De: Samuel Vieira


Brasil: Candidatos elegem Dilma Rousseff como alvo no último debate antes do 1º turno.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...

Candidata petista foi fustigada durante as quase duas horas do debate promovido pela Rede Globo. Corrupção e aparelhamento de estatais foram principais temas dos ataques.

                         Candidatos participaram do último debate antes do 1º turno                                                                                         
A presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) foi escolhida como alvo preferencial dos demais candidatos no debate entre os presidenciáveis promovido pela Rede Globo de televisão na noite desta quinta-feira (02). Seus dois principais concorrentes, Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) aproveitaram o debate desta madrugada para desgastar a candidata petista. Logo na primeira pergunta, Luciana Genro (PSOL) aproveitou para fustigar Dilma com uma pergunta sobre a corrupção na Petrobras e sobre as alianças firmadas pelo PT com partidos de direita.


“Não são as alianças que definem corruptos. Há corruptos em todos os lugares. As instituições é que devem ser virtuosas e investigar. A CGU, a abertura para investigar aconteceu no meu governo. Eu quero garantir que todos os crimes serão investigados, doa a quem doer. Não há ninguém acima da corrupçãotodo mundo pode cometer corrupção, as instituições que devem investigar”, disse Dilma, citando medidas de combate à corrupção.

Logo no fim do primeiro bloco, os candidatos Levy Fidelix (PRTB), Luciana Genro (PSOL) e Eduardo Jorge (PV) protagonizaram um bate-boca sobre temas polêmicos, como legalização das drogas e o combate à homofobia. Em uma pergunta de tema livre, Eduardo Jorge sugeriu a Levy Fidelix que ele “pedisse desculpas ao povo brasileiro”, por conta de posições consideradas homofóbicas, defendidas pelo candidato do PRTB no debate da Record, na semana passada. Fidelix, por sua vez, acusou o presidenciável do PV de “fazer apologia” do uso de drogas.

Ainda no primeiro bloco, Aécio Neves e Marina Silva mandaram artilharia pesada um contra o outro. Disputando uma vaga no segundo turno contra Dilma, ambos investiram em pontos fracos do adversário direto. O tucano questionou o discurso marineiro de "nova política", enquanto a ambientalista criticou o PSDB pela suposta compra de votos para a aprovação da emenda da reeleição, no Congresso, quando"começou o mensalão", segundo a peesebista.

No segundo bloco, Marina criticou a inexperiência de Dilma, por "não ter sido nem vereadora e virado presidente". "Interessante, vindo de uma pessoa que defende a nova política", rebateu petista. Ambas discutiram sobre a autonomia do Banco Central. "Sugiro que a senhora leia o que escreveram no seu programa", alfinetou Dilma. "Autonomia é para combater a inflação, que hoje está alta, e para que não haja interferência política de quem acha que manda em tudo", rebateu Marina.

"Terminou, candidatas, por favor. Candidatas!". William Bonner teve trabalho para fazer com que Marina e Dilma parassem de falar, após um embate duro entre as duas sobre corrupção, no terceiro bloco. "A corrupção foi varrida para debaixo do tapete", criticou Marina sobre o governo Dilma. Vamos colocar os pingos nos is: o diretor nomeado por você, diretor de fiscalização do Ibama, foi afastado no meu governo por crime de desvio de recursos. E eu não saí por aí dizendo que você conhecia e tinha acobertado a corrupção", devolveu Dilma na tréplica.

Nas considerações finais, Dilma pediu ao eleitor que "vote com a sua consciência, paz e amor no coração". Marina se despediu prometendo o passe Livre e uma saúde "que acolha as pessoas na hora em que elas precisam".  Aécio Neves prometeu ser "o presidente de todos os brasileiros". Eduardo Jorge encerrou classificando o PV como "conservador, reformista, revolucionário e necessário". Pastor Everaldo defendeu as bandeiras da "família", como fez em todos os debates. Levy, acusado de homofobia, falou da "inversão de valores e desagregação social", e prometeu estar de volta nas próximas eleições. Após apresentar as bandeiras do PSol, Luciana Genro questionou: "Isso é utopia? Sim, uma utopia concreta, porque ela pode se realizar."

# correiobraziliense.com.br

Senegal: 70 senegaleses repatriados esta noite da república Centro Africana.

NO BALUR I STA NA NO KUNCIMENTI, PA KILA, NO BALURIZA KUNCIMENTI!...



Depois de uma primeira onda de 500 pessoas em janeiro último, as autoridades senegalesas decidiram acolher outros compatriotas repatriados. Setenta (70) senegaleses vão assim pisar a pista do aeroporto Leopold Sedar Senghor (LSS) esta sexta-feira à noite, informa "O Povo". Cinqüenta (50) Outros, incluindo alguns dos Camarões, são esperados na próxima semana. 
O jornal relata que esta operação era para ser realizada mais cedo. Mas devido ao Ebola e a ascensão do grupo Boko Haram nos últimos tempos, isso atrasou a operação de acolhimento de nossos compatriotas repatriados.

# seneweb.com

Total de visualizações de página